Dados sobre utilizadores deste modelo
Estados Unidos da América

Aeronaves do mesmo tipo ou relacionadas:

Mariner
Aeronave não tripulada UAV
Sky Warrior
Aeronave de combate não tripulada UCAV
Reaper (MQ-9A)
Aeronave de combate não tripulada UCAV
Predator-A (MQ-1)
Aeronave de combate não tripulada UCAV
Avenger
Aeronave de combate não tripulada UCAV

Sky Warrior
Aeronave de combate não tripulada UCAV (General Atomics)
Sky Warrior

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 8.53 M
Envergadura: 17.07 M
Altura: 0
1 x motores Thielert
Potência total: 135 HP/CV
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 1451 Kg
Peso máximo/descolagem: 1666 Kg
Numero de suportes p/ armas: 4
Capacidade de carga/armamento: 388 Kg
Tripulação : 0
Passageiros: a
Velocidade Maxima: 243 Km/h
Máxima(nível do mar): 243 Km/h
De cruzeiro: 243 Km/h
Autonomia standard /carregado : 500 Km
Autonomia máxima / leve 8000 Km.
Altitude máxima: 8830 Metros


- - -

Foguetes / Misseis / bombas que pode utilizar
- Hellfire systems Hellfire AGM 114B (Anti-tanque)

Forum de discussão

O Sky Warrior, fabricado pela General Atomics começou a ser desenvolvido em 2005 e é uma versão modernizada do Predator.

O Warrior é ligeiramente maior que o Predator e foi pensado para poder transportar vários tipos de equipamentos. Ele é um dos primeiros veículos não tripulados com capacidade para transportar armamentos em vez de se limitar a transportar sensores.

O desenvolvimento do Sky Warrior, é o resultado directo do cancelamento do helicóptero Stealth conhecido como «Comanche» e parte dos recursos que não chegaram a ser aplicados naquele projecto

Entre as várias armas que podem ser transportadas estão os mísseis anti-tanque Helfire, que neste modelo podem atingir o numero de quatro.

De notar que o Sky Warior é mais pequeno que uma outra derivação desta família conhecida como «Reaper» ou Predator-B, o qual é uma aeronave de maiores dimensões e tigualmente mais cara.

A autonomia do Sky Warrior pode atingir as 40 horas.

Informação genérica:
As aeronaves não tripuladas Predator, Sky Warrior e Mariner e Reaper representam desenvolvimentos distintos de um mesmo tipo de arma não tripulada.

O Predator foi a primeira aeronave não tripulada com capacidade para transportar armamentos.

Há várias derivações de modelos com a mesma origem.

A primeira versão do Predator tem dois modelos principais:

Predator-A: a versão base que entrou ao serviço em 1996.

Sky Warrior, uma versão mais recente do Predator-A com maior capacidade para transporte de armamentos. Esta versão tem em vista conseguir produzir um UAV com as mais recentes tecnologias mas a um preço mais reduzido.

Além das versões mais pequenas (e também mais económicas) há depois um tipo de aeronave bastante maior, construida como um Predator de maiores dimensões e do qual resultaram:

Predator-B / Reaper Caracteriza-se por uma configuração diferente dos lemes e maiores dimensões.

Predator B / Mariner: Uma versão do Predator-B adaptada para utilização naval

Predator B / Altair: Versão de pesquisa cientifica,
baseada no Predator B

Entrando na era do jacto

Predator C / Avenger
Presentemente encontra-se em estudo o Predator-C, que deverá ter um motor a turbina em vez de hélice. Espera-se que tenha ainda mais capacidade de transportar armamentos e maior autonomia.



Nota sobre a autonomia da aeronaves:
A autonomia de um UAV pode ser medida em horas, à velocidade de cruzeiro, a que a aeronave normalmente se desloca em operação. A autonomia em horas, é multiplicada pela velocidade de cruzeiro para se obter a autonomia em km. A autonomia para translado, normalmente não se aplica nestes casos, mas será sempre limitada pelos sensores e sistemas de controle e comunicação e nunca pelo consumo do motor.

-

   
---