Dados sobre utilizadores deste modelo
III Reich / Alemanha

Aeronaves do mesmo tipo ou relacionadas:

Do-17-Z
Bombardeiro
Do-217 E
Bombardeiro

Do-217 E
Bombardeiro (Dornier)
Do-217 E

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 18.2 M
Envergadura: 19 M
Altura: 5.03
2 x motores BMW 801ML 14cyl. Radial
Potência total: 3700 HP/CV
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 8950 Kg
Peso máximo/descolagem: 15000 Kg
Numero de suportes p/ armas: 4
Capacidade de carga/armamento: 4000 Kg
Tripulação : 4
Passageiros: a
Velocidade Maxima: 516 Km/h
Máxima(nível do mar): 490 Km/h
De cruzeiro: 416 Km/h
Autonomia standard /carregado : 1200 Km
Autonomia máxima / leve 1700 Km.
Altitude máxima: 8400 Metros


- - -

Canhões / Metralhadoras
- 1 x 20mm MG-151/20 (Calibre: 20 ) - 3 x 7.9mm MG-15 / MG-17 (Calibre: 7.9 )

Forum de discussão

Baseado num modelo inicialmente pensado para o transporte de passageiros e correio, o Do-17 tinha várias limitações e era claramente inferior ao Junkers Ju-88 que também desempenhava a função de bombardeiro rápido «Schnelbomber».

Quando em 1940 se tornaram evidentes as deficiências dos bombardeiros médios, a Dornier deu maior prioridade a uma versão melhorada do Do-17 a que chamou Do-217. O primeiro protótipo voou pela primeira vez em Agosto de 1940 (durante a batalha de Inglaterra) pretendia superar o modelo base aumentando as suas capacidades, desde a capacidade de transporte à velocidade, passando também pela autonomia.

Os alemães no entanto, continuavam a pretender aeronaves com capacidade de ataque de precisão, que pudessem ser utilizados em cooperação com o exército. Por isso a versão de produção (Do-217E) foi mais uma tentativa de produzir uma aeronave com capacidade de ataque ao solo utilizando a técnica do voo picado
A versão «E» voou pela primeira vez em 1 de Outubro de 1940.

Tendo como base o Do-217 foi tomada a decisão de substituir o motor DB-603A por um motor radial BMW de 14 cilindros.

Outra das utilizações dadas a algumas séries deste modelo foi a de bombardeiro naval, aproveitando a sua autonomia e capacidade de carga, na tentativa de substituir o Fw-200 «Condor» que se tinha mostrado inadequado.

Informação genérica:
O Dornier Do-17 começou por ser uma aeronave civil de transporte de passageiros, resultado de um pedido da transportadora aérea alemã Lufthansa.

A aeronave, que transportava seis passageiros além de correio, não foi considerada satisfatória pela empresa aérea, principalmente por causa do pouco espaço disponível para os passageiros.

O Ministério do Ar alemão, no entanto, aproveitou a ideia logo em 1933 quando Hitler chegou ao poder e solicitou a sua conversão em bombardeiro.

As versões militares foram enviadas a partir de 1936 para Espanha, onde a sua rapidez era o seu principal argumento, tendo uma velocidade inferior aos caças soviéticos em operação.


Um dos Dornier mais antigos, ao serviço da força aérea franquista (Espanha).

No entanto a diferença na velocidade era minima. Os pilotos de caça da República Espanhola entenderam que era possível atacar o Do-17 de baixo para cima, onde ele não tinha defesa possível e isso levou à introdução de modificações nos modelos posteriores.

Os Do-17 foram especialmente produzidos na versão Do-17Z (que incluia os ensinamentos da guerra em Espanha) e esteve em todos os combates até 1942, altura em que começou a ser substituido por outras aeronaves mais pesadas e com maior alcance operacional.


Dornier Do-217

O Dornier Do-217 por seu lado, foi um modelo destinado a ultrapassar as deficiências do Do-17. O seu desenvolvimento começou ainda antes do inicio da II Guerra Mundial, dado as deficiências do Do-17 serem já evidentes em 1938.

Quantidades produzidas[1]:

Do-217A - 6
Do-217C - 10
Do-217E - 604 (cinco diferentes séries)
Do-217J - 130 (caça nocturno)
Do-217K - 390 (três diferentes séries)
Do-217M - 477 (duas diferentes séries)
Do-217N - 335 (duas diferentes séries - caºa nocturno)
Do-217R - 5
Do-317 - 6




[1] - Existem discrepâncias quanto ao numero de unidades produzidas, principalmete por causa da classificação de algumas aeronaves como caças.

-

   
---