Aeronaves do mesmo tipo ou relacionadas:

An-24 «Coke»
Aeronave de transporte ligeira
An-26 «Curl»
Aeronave de transporte ligeira
An-32 «Cline»
Aeronave de transporte ligeira
Y-7
Aeronave de transporte ligeira
An-140
Aeronave de transporte médio

An-24 «Coke»
Aeronave de transporte ligeira (Antonov - Aviant)
An-24 «Coke»

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 23.5 M
Envergadura: 29.9 M
Altura: 8.5
2 x motores Ivchenko AI-24A
Potência total: 5028 HP/CV
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 13300 Kg
Peso máximo/descolagem: 21000 Kg
Numero de suportes p/ armas: 0
Capacidade de carga/armamento: 5500 Kg
Tripulação : 2+3
Passageiros: 30 a 38
Velocidade Maxima: 500 Km/h
Máxima(nível do mar): 450 Km/h
De cruzeiro: 450 Km/h
Autonomia standard /carregado : 550 Km
Autonomia máxima / leve 2400 Km.
Altitude máxima: 8400 Metros


- - -

Forum de discussão

O Antonov 24 voou pela primeira vez em 1969 e os primeiros voos operacionais ocorreram no inicio dos anos 60. Ele foi desenhado com o objectivo primário de estabelecer ligações de médio curso para ligar cidades remotas da União Soviética.

A aeronave tinha por isso um trem de aterragem especialmente resistente, dado que na maioria dos casos as pistas de pouso eram de terra batida, não existindo pistas asfaltadas.

O desenho da Antonov foi do gosto das forças aéreas, que rapidamente o aproveitaram para missões militares.
Nessa função ele pode transportar 30 paraquedistas. A versão adaptada para evacuação médica tem capacidade para a colocação de 24 macas.

Embora muito gastador, o An-24 é um modelo resistente e pode ser reparado mesmo em países com uma pequena infraestrutura aeroportuária. Continua ao serviço como transporte militar e como transporte civil em muitos paíse africanos, calculando-se que em 2009, cerca de 400 unidades ainda estejam ao serviço.

No total foram produzidos 1367 unidades do avião, com algumas dezenas produzidas na China como Y-7 (conhecido localmente como Xian MA-60).

Informação genérica:
As aeronaves de transporte An-24 a An-32 representam uma familia de aeronaves de transporte ligeiro/médio desenhada na União Soviética no final dos anos 50 e que ficou operacional no inicio dos anos 60.

A família Antonov 24 (contemplando do An-24 ao An-32) é equivalente às aeronaves do tipo DHC-5 Buffalo, e as mais recentes versões podem ser comparadas a aeronaves como o C-235 da EADS/CASA.

A família divide-se em vários grupos de entre os quais se distinguem :

An-24 - Uma aeronave inicialmente prevista para o transporte de passageiros e carga.

An-26 - Um derivado do An-24, com modificações pedidas pelos militares para melhorar as suas capacidades. A principal diferença está na inclusão de uma porta traseira que permite a rápida carga e descarga de materiais e homens.

An-30 - Um versão derivada do An-26, com motores de maiores dimensões, para aplicações específicas como a vigilância aérea. A maior potência dos motores permite um tecto operacional mais elevado.

An-32 - A última das derivações do An-26, caracteriza-se pela utilização de motores maiores e colocados numa posição elevada, para permitir a sua utilização em pistas não preparadas, característica muito útil especialmente em África.

Com o fim da União Soviética, a principal fábrica das aeronaves Antonov passou para o controlo da República da Ucrânia. A Rússia passou então a dar preferência às aeronaves de transporte de origen russa, de fabricantes como a Tupolev e Illiyushin.



A China também produziu as suas versões desta aeronave, que são conhecidas como Y-7

Em 1993, começou um projeto para desenvolver um sucessor do An-24, conhecido como An-140

-

   
---