Dados sobre utilizadores deste modelo
União Soviética

Aeronaves do mesmo tipo ou relacionadas:

Sukhoi Su-24 «Fencer-A»
Caça bombardeiro
Sukhoi Su-24M «Fencer D»
Caça bombardeiro

Sukhoi Su-24 «Fencer-A»
Caça bombardeiro (UAC-KnAAPO)
Sukhoi Su-24 «Fencer-A»

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 22.53 M
Envergadura: 17.64 M
Altura: 6.19
2 x motores Saturn/Lyulka AL-21F-3A
Potência total: 22000 Kgf
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 22300 Kg
Peso máximo/descolagem: 36200 Kg
Numero de suportes p/ armas: 8
Capacidade de carga/armamento: 8000 Kg
Tripulação : 2
Passageiros: a
Velocidade Maxima: 1550 Km/h
Máxima(nível do mar): 1315 Km/h
De cruzeiro: 950 Km/h
Autonomia standard /carregado : 560 Km
Autonomia máxima / leve 1800 Km.
Altitude máxima: 11000 Metros


- - -

Canhões / Metralhadoras
- 1 x 23mm GSh-23 (Calibre: 23 )

Forum de discussão

Tendo sido desenvolvido durante grande parte dos anos 60, o Su-24 voou pela primeira vez em 2 de Julho de 1967 e entrou oficialmente ao serviço em 4 de Fevereiro de 1975 embora as primeiras tenham de facto sido entregues 1973.

A primeira versão do Su-24 divide-se em três séries distintas, a saber «Fencer A», «Fencer B» e «Fencer C».
Os Su-24 das primeiras séries foram produzidos pela fábrica soviética numero 153 de Novosibirsk.

Eles eram aeronaves relativamente desprovidas de sistemas electrónicos de defesa e o seu sistema de navegação em todo o tempo, dependia do radar e não de um verdadeiro sistema computadorizado de seguimento do terreno.

Estes problemas começaram a ser estudados logo no inicio dos anos 70 e viriam a resultar na versão Su-24M.

Informação genérica:
A URSS tinha percebido depois da guerra da Coreia nos anos 50, que os bombardeiros leves e médios, especializados como os IL-28 eram demasiado lentos e pouco manobráveis para a função. Desde os anos 50 que aeronaves desenhadas para a função de caça-interceptor tinham sido adaptadas para operar como bombardeiros leves, mas com resultados pouco animadores.
Se a capacidade do caça Su-7 «Fitter» (que entrou ao serviço nos anos 60) para operar como aeronave de bombardeamento, foi apreciada pelos militares soviéticos, foi evidente logo na altura da aceitação do modelo, que o avião era apenas uma solução intermédia até que a forças aéreas soviéticas pudessem contar com uma aeronave desenhada para a função de ataque.

Os técnicos do gabinete Sukhoi começaram a desenvolver o projecto T-6 (designação do Su-24) ainda no inicio dos anos 60 e ele foi na verdade o primeiro caça-bombardeiro puro fabricado pela União Soviética e responde finalmente ao requisito da aviação frontal soviética. A sua concepção teve inicio no inicio dos anos 60 com o objectivo de substituir e complementar as aeronaves desenhadas como caças que tinham sido adaptadas para a função de bombardeiro ligeiro.

Quando entrou ao serviço, o Su-24 era o mais sofisticado avião da aviação frontal soviética, principalmente por causa dos sistemas de sensores que incorporava, os quais eram mais sofisticados que os instalados em qualquer outro caça ou bombardeiro daquele país.

Ele foi o primeiro avião da União Soviética com capacidade de ataque em qualquer tipo de condição atmosférica e de visibilidade, podendo ser utilizado de dia ou de noite.

Distinguem-se várias versões do Su-24.

As primeiras três:
Su-24 «Fencer A»
Su-24 «Fencer B»
Su-24 «Fencer C»

Depois, durante os anos 80 foi lançada uma versão modernizada conhecida como Su-24M ou «Fencer-D» na designação NATO.

Su-24M «Fencer D»
Su-24MK «Fencer D» Versão com equipamentos menos sofisticados e mais económica, destinada à exportação. Esta versão foi igualmente utilizada pela aviação frontal soviética e também pela russa.
O Fencer-D em termos de capacidade ofensiva foi considerado no ocidente como pelo menos duas vezes e meia mais eficiente que o «Fencer» nas versões A, B e C.

Foi tambem concebida uma versão de reconhecimento com armamento mínimo e equipada com cameras:

Su-24MR

-

   
---