Dados sobre utilizadores deste modelo
Suecia
Hungria
Italia

Aeronaves do mesmo tipo ou relacionadas:

Re.2000 GA «Falco»
Avião de caça
Heja-II
Avião de caça
Re.2001 «Falco-II»
Avião de caça
Re.2005 «Saggitario»
Avião de caça

Re.2000 GA «Falco»
Avião de caça (Reggiane)
Re.2000 GA «Falco»

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 7.99 M
Envergadura: 11 M
Altura: 3.2
1 x motores Piaggio P.XI R.C. 40 radial
Potência total: 1000 HP/CV
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 2080 Kg
Peso máximo/descolagem: 2550 Kg
Numero de suportes p/ armas: 2
Capacidade de carga/armamento: 100 Kg
Tripulação : 1
Passageiros: a
Velocidade Maxima: 530 Km/h
Máxima(nível do mar): 515 Km/h
De cruzeiro: 430 Km/h
Autonomia standard /carregado : 500 Km
Autonomia máxima / leve 540 Km.
Altitude máxima: 11200 Metros


- - -

Canhões / Metralhadoras
- 2 x 12.7mm Breda-SAFAT (Calibre: 12.7 )

Forum de discussão

O Regiane Re-2000 foi um dos três projectos qu concorreram ao programa italiano para um caça de geração intermédia, também conhecida como série «O». A solicitação dos militares data de 1938 e o desenvolvimento da aeronave foi relativamente rapido, respondendo a um pedido para um caça monolugar com motor radial. Os outros dois modelos apresentados foram o Fiat G-50 «Freccia» e o Machi C-200 «Saeta».

O primeiro Re-2000 voou pela primeira vez a 24 de Maio de 1939, tendo atingido uma velocidade máxima de 515km/h. Construido em aluminio, em vez de incorporar componentes em madeira como tinha acontecido até ali com os modelos do fabricante, o Re-2000 apresentou performances muito interessantes para a época.

Além disso o caça apresentava várias inovações, como uma asa construida numa só peça e possuia apenas três compartimentos para o combustível, introduzindo novas técnicas para colocação de rebites e desenvolvendo um sistema simples e inovador para recolher o trem de aterragem.

O Re-2000 era claramente inspirado no modelo norte-americano Seversky P-35, embora regra geral lhe fosse superior.
Se a aeronave era inovadora em vários aspectos, o seu motor, que dava ao caça as melhores prestações e era o mais potente dos três concorrentes, sofria de problemas de fiabilidade.

Os problemas com a fiabilidade do motor estiveram entre as razões para que a «Regia Aeronautica» não mostrasse interesse pela aeronave, embora a principal critica fosse a utilização de depósitos de combustível nas asas com três compartimentos, algo que foi posteriormente corrigido.

Embora o Re-2000 não tivesse recolhido uma opinião geral favorável, as suas qualidades gerais, nomeadamente a sua capacidade para transportar 100kg de bombas nas asas, a sua manobrabilidade e a sua estabilidade (a aeronave não tinha a mesma tendência para voar em parafuso, que caracterizava os outros monomotores italianos) além do seu alcance operacional superior, levaram a que fosse aconselhada a continuação do seu estudo e desenvolvimento mas não a sua introdução ao serviço.

Na verdade, o Re-2000 foi considerado tão bom quanto o Messerschmitt Me-109E «Emile», algo que não se podia dizer dos seus contemporâneos da Fiat e da Aermacchi. Tinha maior autonomia e mais potência, descolava em apenas 200m e precisava de 300m para aterrar. Segundo os especialistas, a Itália perdeu a possibilidade de dispor de um caça superior aos seus potênciais oponentes ainda antes do inicio da guerra.

Encomenda para a RAF
A maior prova das qualidades do Re-2000 foi a encomenda de centenas de unidades do avião por parte da Royal Air Force, encomenda que acabou sendo cancelada em estranhas circunstâncias já depois de a Alemanha ter invadido a Polónia. Hitler terá pressionado os italianos, para que não fornecessem armas de guerra à Grã Bretanha.

Sem os problemas que apresentava o fornecimento aos britânicos, a Hungria colocou encomendas para 70 aeronaves, conseguindo autorização de fabrico sob licança. A Suécia também adquiriu 60 unidades.

Versão «GA»
Poucos Regiane Re.2000 foram entregues à Aeronautica Militare, e o numero mais significativo (12 unidades) foram na versão de grande autonomia.
Os dados referidos nesta ficha, dizem respeito a essa versão standard.
A autonomia para a versão «GA» que foi itilizada em África, era de aproximadamente 2000km, o que dava à aeronave uma enorme flexibiliade na guerra de movimentos que se desenvolveu no teatro de operações africano.

Re.2002
Quando começou o conflito, aproveitando as características da aeronave, foi produzida uma adaptação do Re.2000 «Falco» para a função caça-bombardeiro que ficou conhecida como Re.2002.
O desenvolvimento desta versão ocorreu paralelamente ao desenvolvimento do caça Re.2001 «Falco-II».

A versão caça-bombardeiro distinguia-se principalmente pelas modificações na estrutura interna da asa, que não tinha sido do agrado da Aeronautica Militare.

Informação genérica:
Resultado de um pedido da aeronautica militar italiana, a fábrica «Regiane» apresentaria durante o final dos anos 30 e até 1943 uma família de aeronaves de combate que se distinguiría pelas suas qualidades.

Re.2000
A primeira aeronave voou no inicio de 1939 e foi designada Re.2000, e não foi aceite pelas autoridades miltiares italianas, que se limitaram a pequenas encomendas, para continuar a permitir o desenvolvimento da aeronave.

Heja-2
No entanto, uma comissão hungara, que procurava uma nova aeronave para a força aérea do país, assinou ainda no final de 1939 um contrato para o fornecimento da aeronave e uma licença de produção para um caça que seria conhecido como Heja-II.

Re.2001
Quando a guerra começou, as autoridades italianas solicitaram o desenvolvimento de uma aeronave mais poderosa e com um motor melhor. Esta versão dispunha de um DB-601 motor de origem alemã.

Re.2002
As qualidades do Re.2000 tinham sido apreciadas como caça-bombardeiro e por isso foi desenvolvido o Re.2002 que é idêntico ao Re.2000 original, com uma motorização idêntica, mas com modificações ao nível das asas.

Re.2005
O mais sofisticado de todos os Reggiane, foi um dos caças da chamada série cinco. Como aconteceu com os seus dois concorrentes, chegou demasiado tarde para poder sequer ser produzido.
Esta versão estava equipada com o motor DB-605

-

   
---