Aeronaves do mesmo tipo ou relacionadas:

An-72 «Coaler»
Aeronave de transporte médio

An-72 «Coaler»
Aeronave de transporte médio (Antonov - Aviant)
An-72 «Coaler»

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 28.1 M
Envergadura: 31.9 M
Altura: 8.7
2 x motores Lotarev D36
Potência total: 12740 Kgf
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 22000 Kg
Peso máximo/descolagem: 34500 Kg
Numero de suportes p/ armas: 0
Capacidade de carga/armamento: 12500 Kg
Tripulação : 4
Passageiros: 60 a 68
Velocidade Maxima: 760 Km/h
Máxima(nível do mar): 720 Km/h
De cruzeiro: 650 Km/h
Autonomia standard /carregado : 800 Km
Autonomia máxima / leve 3200 Km.
Altitude máxima: 10000 Metros


- - -

Forum de discussão

O Antonov An-72 foi concebido durante os anos 70 e voou pela primeira vez em 1977. A aeronave é parcialmente baseada nos bimotores da família An-26 e é contemporânea do bimotor An-32, que foi um melhoramento das anteriores aeronaves do tipo.

O An-72 possui no entanto uma asa alta em flecha, e os seus motores ocupam uma posição elevada, praticamente única neste tipo de aeronave. O trem de aterragem foi integrado na fuselagem, em vez de estar integrado no compartimento do motor.

A posição elevada dos motores é aproximada da do An-32, que também foi concebido com os motores numa posição elevada relativamente à asa. Esta disposição foi considerada mais interessante por permitir melhor aproveitamento de potência e também porque permitia que as entradas de ar ficassem mais protegidas de detritos projectados pelo trem de aterragem frontal.
Esta disposição dos motores, faz com que o An-72 lembre o Boeing YC-14, que foi desenvolvido alguns anos antes e que foi um dos projectos que concorreram para a substituição do C-130 (qua acabou não ocorrendo).

O An-72 foi desenhado para permitir a sua utilização a partir de pistas de terra, pois ele seria utilizado também para transporte civil, ligando os inumeros aerodromos da antiga União Soviética, que na sua maioria eram de terra batida.

Como o An-32, o An-72 dispunha de uma rampa traseira que facilita o acesso dos passageiros e a carga e descarga e aumenta em muito a eficiência da aeronave.





Com motores mais potentes e uma maior capacidade de carga quando comparado com o An-32 com motor a hélice, o An-72 era mais eficiente no apoio a forças ligeiras avançadas. A sua capacidade de carga praticamente dobrava a do An-32.

Versões
Foram produzidas várias variações do modelo:

An-72A - Versão básica de transporte militar
An-72AT - Versão de carga civil
An-72S - Transporte executivo
An-72P - Versão de patrulha marítima

A aeronave foi evoluindo até que foi lançada uma versão bastante modernizada conhecida como An-74 (ver ficha em separado)

Informação genérica:
O Antonov An-72 foi desenvolvido nos anos 70 na União Soviética, pela organização especializada em aeronaves de transporte médias e pesadas, a Antonov.

Nos anos 70, as forças armadas soviéticas dispunham de uma aeronave capaz de operar a partir de pistas curtas, mas cuja capacidade de carga era relativamente limitada (Antonov An-24). Foi decidido seguir dois caminhos no sentido de resolver o problema:

Por um lado desenvolveu-se uma versão bimotor a helice, que resultou no Antonov An-32 e por outro, desenvolveu-se uma aeronave que utilizava a mesma estrutura embora fosse completamente diferente, o Antonov An-72.

Uma das razões para o desenvolvimento do An-72, foi a dificuldade das industrias soviéticas em desenvolver motores mais potentes, mas de reduzidas dimensões. O Antonov An-32 era uma solução mas mesmo assim não respondia a todas as necessidades. Como não era viável produzir um An-32 com quatro motores, ou instalar motores de maiores dimensões, a solução foi desenhar uma aeronave de dimensões parecidas, mas equipada de motores a jacto que permitissem maior potência, garantindo uma descolagem em pistas curtas..


Nota:
Após o colapso da União Soviética, este tipo de aeronave continuou a ser fabricado na Ucrânia, ainda que as características do sistema de produção soviético, permitissem que a aeronave fosse construida noutro lugar.

-

   
---