Aeronaves do mesmo tipo ou relacionadas:

CH-47D Chinook
Helicóptero de transporte
CH-46A Sea Knight
Helicóptero de transporte

CH-46A Sea Knight
Helicóptero de transporte (Boeing Rotorcraft)
CH-46A Sea Knight

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 13.7 M
Envergadura: 15.5 M
Altura: 5.1
2 x motores General Electric T58-GE-16
Potência total: 2500 HP/CV
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 5927 Kg
Peso máximo/descolagem: 10433 Kg
Numero de suportes p/ armas: 1
Capacidade de carga/armamento: 4082 Kg
Tripulação : 3
Passageiros: 20 a 25
Velocidade Maxima: 256 Km/h
Máxima(nível do mar): Não disponível
De cruzeiro: 0 Km/h
Autonomia standard /carregado : 300 Km
Autonomia máxima / leve 383 Km.
Altitude máxima: 4300 Metros


- - -

Forum de discussão

O CH-46, com a sua característica configuração com dois rotores, é muitas vezes confundido com o seu meio irmão de maior dimensão, o CH-47.

Na verdade, o CH-46 foi construido para responder às necessidades dos fuzileiros navais norte-americanos, que pretendiam um helicoptero médio para transporte, que pudesse ser utilizado a partir de porta-aviões.

O primeiro voo da aeronave ocorreu em 1962 e as primeiras unidades foram declaradas operacionais em 1964.
Foram produzidos cerca de 160 exemplares deste modelo.
Cerca de meia centena destas aeronaves acabaram sendo convertidas para a versão HH-46 de busca e salvamento.


A versão melhorada CH-46D seguiu-se em 1966 equipada com motores mais potentes (266 fabricados) a que se soma cerca de uma dezena na versão de busca e salvamento.

A última versão produzida em numeros significativos foi a CH-46F com 174 produzidos.

Informação genérica:
Os helicopteros CH-46 e CH-47 foram desenvolvidos com objectivos diferentes e para diferentes ramos das forças armadas norte-americanas.
A sua configuração com dois motores leva a que algumas vezes sejam confundidos.

O CH-46 foi desenvolvido para responder a uma especificação dos fuzileiros navais norte-americanos, que operasse a partir de porta-aviões e/ou a partir de navios logísticos como os Iwo Jima.

Já o CH-47 resultou de um pedido do exército norte-americano.

As qualidades reconhecidas à aeronave levaram a continuos programas de melhoramento e a upgrades que extenderam a vida útil do modelo, tanto através da modernização de células mais antigas como pela introdução de modelos novos e mais capazes.

-

   
---