Dados sobre utilizadores deste modelo
Italia
Arabia Saudita
Reino Unido



Aeronaves do mesmo tipo ou relacionadas:

Tornado IDS
Caça bombardeiro
Tornado ADV
Caça de superioridade aérea

Tornado ADV
Caça de superioridade aérea (Panavia)
Tornado ADV

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 18.68 M
Envergadura: 13.91 M
Altura: 5.95
2 x motores Turbo-Union RB199-34R Mk.104
Potência total: 14900 Kgf
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 14500 Kg
Peso máximo/descolagem: 27895 Kg
Numero de suportes p/ armas: 8
Capacidade de carga/armamento: Kg
Tripulação : 1+1
Passageiros: a
Velocidade Maxima: 2340 Km/h
Máxima(nível do mar): 1100 Km/h
De cruzeiro: 0 Km/h
Autonomia standard /carregado : 1100 Km
Autonomia máxima / leve 3704 Km.
Altitude máxima: 21335 Metros


- - -

Canhões / Metralhadoras
- 1 x 27mm Mauser BK-27 (Calibre: 27 )
Foguetes / Misseis / bombas que pode utilizar
- Raytheon Systems AIM-9P Sidewinder (missil ar-ar)
Radares
- Marconi Electronic / BAE Systems Elec. AI.24 Foxhunter - Multi-modo/Pulso Dopler (Alcance médio: 109Km)

Forum de discussão

A versão ADV (Air Defence Variant) do caça-bombardeiro «Tornado» foi resultado de dois factores principais:

Em primeiro lugar, os estudos realizados na Grã Bretanha, para um caça de superioridade aérea com asa de geometria variável, que tinha começado a ser estudado em 1968. A força aérea britânica tinha estudado a possibilidade de utilizar o F-15, que foi considerado inadequado e o F-14, considerado demasiado caro. Ao contrário da versão IDS, o desenvolvimento da versão ADV foi totalmente pago pela Grã Bretanha, embora a AERITALIA também tivesse participado do projecto.

Os britânicos pretendiam um caça com capacidade para transportar quatro mísseis ar-ar de médio alcance do tipo AIM-7 «Sparrow» (a versão britânica do Sparrow, é conhecida como Skyflash).
Esta necessidade implicou no caso do Tornado, o ligeiro aumento no comprimento da fuselagem em relação à versão IDS (O Tornado ADV é 1,36m mais longo que o Tornado IDS).
O nariz do avião também foi modificado para permitir acomodar o novo radar.
Um dos dois canhões de 27mm foi também removido e o espaço disponível modificado para permitir a instalação de uma sonda para reabastecimento em voo.

Embora tivesse sido concebido para operações de ataque a alta velocidade, a elevada potência do Tornado, permitia-lhe atingir velocidades muito elevadas, que eram compatíveis com a sua utilização como caça de superioridade aérea.

A opção pelo Tornado, também permitiu reduzir custos, quando se tornou necessário substituir caças F-4 Phantom e Lighting da Royal Air Force.

Naturalmente a Grã Bretanha foi o principal interessado no projecto, embora a Itália e mais tarde a Arábia Saudita também tenham adquirido o avião.

Informação genérica:
As aeronaves Tornado foram desenvolvidas pelo consórcio europeu Panavia, criado em 1969 para desenvolver uma aeronave com capacidade de bombardeamento, e elevada velocidade.

Considerava-se que o principal calcanhar de Aquiles dos soviéticos era a sua deficiente organização logística, a qual, se fosse atacada poderia ficar debilitada, condicionando assim o avanço das forças do Pacto de Varsóvia.

Existem três versões diferentes da aeronave:

Tornado IDS - Versão inicial, destinada a operações de ataque ao solo, como caça-bombardeiro.

Tornado ECR - Versão menos numerosa e especialmente adaptada para atacar defesas aéreas inimigas.

Tornado ADV - Versão de superioridade aérea adaptada para a utilização de mísseis ar-ar e combate contra outras aeronaves.

-

   
---