Dados sobre utilizadores deste modelo
Turquia
Dinamarca
França



Aeronaves do mesmo tipo ou relacionadas:

F-100C «Super Sabre»
Avião de caça
F-100D «Super Sabre»
Caça bombardeiro

F-100D «Super Sabre»
Caça bombardeiro (North American)
F-100D «Super Sabre»

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 14.44 M
Envergadura: 11.82 M
Altura: 4.94
1 x motores J57-P-21
Potência total: 0
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 9526 Kg
Peso máximo/descolagem: 13085 Kg
Numero de suportes p/ armas: 0
Capacidade de carga/armamento: Kg
Tripulação : 1
Passageiros: 0 a 0
Velocidade Maxima: 1434 Km/h
Máxima(nível do mar): Não disponível
De cruzeiro: 0 Km/h
Autonomia standard /carregado : 550 Km
Autonomia máxima / leve 860 Km.
Altitude máxima: 10670 Metros


- - -

Canhões / Metralhadoras
- 4 x 20mm M39-A2 (Calibre: 20 )

Forum de discussão

A segunda série do Super Sabre, é constituida pelas versões F-100D e F-100F.

Enquanto que a versão anterior, especialmente no que respeitava ao F-100C, podia ser classificada como um caça polivalente ou mesmo caça-bombardeiro, a versão F-100D do Super Sabre, foi concebida especificamente para operações de ataque.

Na verdade o F-100D tinha o mesmo motor da versão anterior, mantinha os quatro canhões de 20mm, mas tinha asas e lemes de maiores dimensões e também dispunha de capacidade para reabastecimento em voo. O primeiro F-100D voou em 24 de Janeiro de 1956. Pouco mais de um ano depois, foi lançado o F-100F, uma versão com dois lugares que se destinava também à utilização como caça de treino avançado.

As versões F-100D e F-100F, estiveram em produção em paralelo.

O F-100D foi o mais produzido de todos os caças F-100, com um total de 1274 unidades produzidas. A estes juntam-se mais 339 exemplares do F-100F, totalizando 1613 unidades.

Informação genérica:
O F-100 Super Sabre, foi o primeiro de uma linha de aeronaves conhecida como «Century series». Estas aeronaves caracterizaram-se pela sua capacidade para manter uma velocidade supersónica sem recorrer ao mergulho (velocidade supersónica nivelada).

Ainda antes da guerra da Coreia, quando os caças P-80 estavam ao serviço e os F-86 na fase inicial de incorporação, foi iniciado o programa que levaria ao F-100.

Embora não haja uma ligação directa, o F-100 está para o F-86, como o MiG-17 está para o MiG-15. Ambos começaram a ser desenvolvidos antes da guerra na Coreia e entraram ao serviço já depois do conflito coreano ter terminado.

O F-100 porém, apresenta modificações aerodinâmicas mais radicais, com um nariz afilado com uma tomada de ar oval.

Os F-100 tinham uma velocidade superior aos F-86 e estavam melhor armados, pois em vez das seis metralhadoras 12,7 estavam armados com quatro canhões de 20mm.

Os primeiros «Super Sabre» estavam configurados como aviões de caça, destinados a entrar em combate com as aeronaves soviéticas.
Versões seguintes (F-100C) na versão final de produção já estavam configuradas como aeronave polivalente (caça-bombardeiro).

-

   
---