S-97 «Raider»
Helicóptero de ataque (Sikorsky / United Technologies)
S-97 «Raider»

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 11 M
Envergadura: 10 M
Altura: 4.58
1 x motores General Electric T700 CT7-8
Potência total: 3000 HP/CV
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 4057 Kg
Peso máximo/descolagem: 4990 Kg
Numero de suportes p/ armas: 0
Capacidade de carga/armamento: Kg
Tripulação : 2+6
Passageiros: 0 a 0
Velocidade Maxima: 450 Km/h
Máxima(nível do mar): 350 Km/h
De cruzeiro: 396 Km/h
Autonomia standard /carregado : 500 Km
Autonomia máxima / leve 600 Km.
Altitude máxima: 3048 Metros


- - -

Forum de discussão

O helicóptero «Raider» é um programa de desenvolvimento da Sikorsky, desenvolvido com 75% de fundos da própria empresa, sendo os restantes 25% cobertos por um grupo fornecedores de acessórios para a aeronave. Não há encomendas firmes de qualquer força militar norte-americana.

O Raider, é a aplicação militar do protótipo X2 da Sikorsky que foi apresentado publicamente em 2010, tendo atingido na altura a uma velocidade de 450km/h. O Raider não poderá no entanto atingir as performances do X2.

A muito alta velocidade deste helicóptero ligeiro, é vista como uma das suas mais importantes vantagens. As prestações são conseguidas graças a um refinado estudo aerodinâmico e a um tratamento das superfícies, que também tem como função reduzir drásticamente a assinatura-radar do helicóptero, perante ameaças inimigas, especialmente os sistemas de mísseis anti-aéreos de curto alcance controlados por radar.


Asa contra-rotativa.

Além da aparência furtiva, dada pelas linhas esguias e limpas, a outra característica distintiva da aeronave, é a utilzação de hélices contra-rotativas, uma configuração em que a Sikorsky parece seguir a experiência do gabinete de desenvolvimento russo Kamov.

Embora não atinja a velocidade do protótipo X2 o «Raider», que será testado em ambiente militar simulado dentro de dois anos, deverá conseguir superar os 400km/h em velocidade de cruzeiro em situações em que seja necessário recorrer a movimentações evasivas.

A aeronave deverá ser um dos concorrentes à competição entre fabricantes norte-americanos para subsitituir o helicóptero tático ligeiro OH-58D «Kiowa».

O novo Raider, terá prestações superiores a todos os helicópteros tácticos de atualidade (neste segmento) atingindo velocidades de operação que em muitos casos, mais que duplicam as prestações das aeronaves presentemente em serviço.

A aeronave será utilizada para reconhecimento armado e poderá transportar vários equipamentos, armas sensores, mas também combustivel externo adicional para aumentar a autonomia da aeronave.

Capacidade para transporte tático.
Quatro S-97 Raider, podem ser transportados a bordo de um cargueiro C-17.

O primeiro S-97 produzido


Em 2 de Outubro de 2014 a Sikorsky apresentou internacionalmente o primeiro de dois protótipos do Raider, esperando-se o primeiro voo até ao final desse ano.


Nota: Os valores apontados nesta ficha são estimados. Os valores alegadamente apontados em vários sites na internet são normalmente maiores.
Temos em consideração que o S-97 será menos performante, mais pesado e por isso mais lento que o Sikorsky X2, pelo que as suas prestações serão inevitavelmente inferiores.

Informação genérica:
- - -

-

   
---