Dados sobre utilizadores deste modelo
Portugal

Aeronaves do mesmo tipo ou relacionadas:

Spitfire Mk.I
Avião de caça
Spitfire Mk.V
Avião de caça
Spitfire Mk IX
Caça interceptor
Spitfire Mk.XIV
Avião de caça
Sptfire Mk XXII
Avião de caça

Spitfire Mk.V
Avião de caça (Supermarine)
Spitfire Mk.V

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 9.12 M
Envergadura: 11.23 M
Altura: 3.48
1 x motores Rolls Royce Merlin Mod.45
Potência total: 1440 HP/CV
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 2309 Kg
Peso máximo/descolagem: 3071 Kg
Numero de suportes p/ armas: 3
Capacidade de carga/armamento: 230 Kg
Tripulação : 1
Passageiros: a
Velocidade Maxima: 600 Km/h
Máxima(nível do mar): 460 Km/h
De cruzeiro: 450 Km/h
Autonomia standard /carregado : 1600 Km
Autonomia máxima / leve 1800 Km.
Altitude máxima: 11300 Metros


- - -

Canhões / Metralhadoras
- 2 x 20mm Hs.404 (Calibre: 20 ) - 4 x 7.7mm / Browning M1919 (Calibre: 7.7 )

Forum de discussão

Embora durante a Batalha de Inglaterra em 1940, os britânicos tenham conseguido superiorizar-se aos alemães, às custas basicamente dos Spitfire Mk.I e dos Hawker Hurricane, os britanicos aperceberam-se de que os seus motores não tinham uma performance suficiente a grande altitude e apressaram os estudos para a introdução de um novo avião, equipado com o motor Merlin-45, que permitisse atingir maiores altitudes, ganhando vantagem sobre as aeronaves alemãs.

O modelo Mk.V do caça Spitfire (inicialmente eram apenas Spirfire Mk.I com o motor substituido por um Merlin Mod.45) foi uma resposta à esperada necessidade de aeronaves mais possantes, que pudessem enfrentar novas ameaças alemãs.
A fuselagem do Mk.V foi especialmente reforçada para permitir a incorporação do novo motor Merlin.

O Spitfire Mk.V começou a ser entregue em Março de 1941, seis meses depois de o último Spitfire Mk.I ter saido da linha de montagem.
Entre as principais alterações relativas aos modelos anteriores, e a juntar ao reforço estrutural encontra-se a introdução standard de dois canhões de 20mm em substituição de quatro metralhadoras de 7,7mm.

O Mark. V foi o mais produzido Spitfire durante a II Guerra Mundial, tendo sido produzidas várias séries distintas:

Mk.V«A» - 94 unidades : Oito metralhadoras 7,7mm
Mk.V«B» - 3923 unidades : Dois canhões de 20mm e quatro metralhadoras 7,7mm
Mk.V«C» - 2447 unidades : Quatro canhões de 20mm e capacidade para transportar uma bomba de 227kg ou duas de 113kg (Esta versão pode ser classificada como caça-bombardeiro)

O Mk.V era bastante mais ágil por causa do seu peso e do seu motor e conseguia subir a uma razão de 1450 metros por minuto, ou seja, quase o dobro do modelo Mk.I.
Desde meados de 1941, até meados de 1942, o Spitfire Mk.V foi o principal avião na defesa da Grã Bretanha.

A chegada do Mk.V ocorreu com alguma antecedencia relativamente à entrada em cena do caça alemão Focke Wulf Fw-190A, que começou a ser entregue à Luftwaffe em Julho-Agosto de 1941.
Com o seu motor radial e uma potência mais elevada, o Fw-190 era tácticamente superior ao Spitfire Mk.V como ficou provado quando ocorreram os primeiros recontros entre os dois em Setembro de 1941.

Por essa razão, os britânicos deram toda a prioridade aos estudos para a introdução de um motor ainda mais potente, ao mesmo tempo que também apostavam no desenvolvimento de um caça interceptor baseado Typhoon/Tempest.

Informação genérica:
O Spitfire foi o sucessor do projecto «Type 224» desenvolvido por Reginald Mitchell como resposta a uma especificação emitida em 1930 para um caça monoplano, monolugar.
O Spitfire foi inicialmente conhecido como «Type 300» e era equipado com um motor Rolls Royce PV12, mais tarde conhecido como motor «Merlin».

A produção do Spitfire Mk.1 começou em Junho de 1936 mas as primeiras unidades só foram entregues em 1938.

É o Spitfire Mk.I que a Grã Bretanha utilizará durante a batalha de Inglaterra, já que as entregas do Spitfire Mk.2 começaram apenas em Junho de 1940, com a utilização de um motor mais potente, o Merlin XII de 1175cv.

Ainda antes de o Spitfire Mk.2 começar a ser entregue já tinham começado em Março de 1940 os testes do Spitfire Mk.3 com uma asa menor, um motor Merlin XX e a roda traseira retractil.
Os planos para produzir o Spitfire Mk.3 foram cancelados com o desenvolvimento do Spitfire Mk.5.
Este modelo, era basicamente um Mk.1, equipado com um motor com uma potência de 1470cv (a 2820m de altitude) e voou pela primeira vez em Dezembro de 1940. Foram produzidos 6487 Spitfire Mk.5, 150 dos quais foram Mk.1 convertidos.

O Spitfire Mk 6 foi o modelo seguinte e começou a ser entregue no inicio de 1942. Ele era um Mk. 5 com um novo motor, mas o numero produzido foi relativamente pequeno.

Surgiram entretando modelos intermédios, conhecidos como Spitfire Mk. 9 e Spitfire Mk. 14.
Estes aviões (embora a sua nomenclatura possa induzir em erro) são menos sofisticados que os Spitfire Mk 7 e Mk. 8 que vão surgir depois.

Estes dois modelos, correspondem a Spitfire Mk.5, novos ou modificados com o motor Merlin-61 (produzidos 5,656 novos e 282 convertidos). As entregas destes modelos «provisórios» ocorreram a partir de Julho de 1942

O mesmo avião Mk5, utilizando o motor Packard-Merlin-266 fabricado nos Estados Unidos foi conhecido como Spitfire Mk.14 e 1.054 deles foram produzidos e entregues a partir de Outubro de 1944.

Entretanto, a Supermarine estudava alterações mais profundas no desenho básico do Spitfire e dessas alterações resultou o Spitfire Mk. 7, um avião feito propositadamente para alojar o motor Merlin-60.

O Spitfire Mk, 7 era já considerado um caça especializado para combate a grande altitude, com cabine pressurizada, enquanto o Mk. 8 era considerado caça para combate aéreo a baixa altitude.

Foram também desenvolvidos outros modelos como provisórios. Foi o caso do Mk.12, equipado com um motor de 1735cv Rolls Royce Griffon, tendo sido produzidas 100 unidades que entraram ao serviço em 1943.

Os Spitfire Mk 14 e Mk 18 foram outros modelos que serviram como estudo da utilização do motor Griffon, cuja versão definitiva só seria vista nos modelos Mk. 21, Mk.22 e Mk.24 que seriam os últimos Spitfire produzidos.

-

   
---