Dados sobre utilizadores deste modelo
Peru
Argentina
Brasil



Aeronaves do mesmo tipo ou relacionadas:

S-2 «Tracker»
Avião de patrulha marítima e luta anti-submarina

S-2 «Tracker»
Avião de patrulha marítima e luta anti-submarina (Northrop-Grumman/Westinghouse)
S-2 «Tracker»

Dimensões:Motores/ Potência
Comprimento: 13.3 M
Envergadura: 22.1 M
Altura: 5
2 x motores Wright R-1820-82 / Radial 9cyl
Potência total: 3050 HP/CV
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 8505 Kg
Peso máximo/descolagem: 13222 Kg
Numero de suportes p/ armas: 6
Capacidade de carga/armamento: 2182 Kg
Tripulação : 2+2
Passageiros: a
Velocidade Maxima: 426 Km/h
Máxima(nível do mar): Não disponível
De cruzeiro: 380 Km/h
Autonomia standard /carregado : 1350 Km
Autonomia máxima / leve 3400 Km.
Altitude máxima: Não disponível


- - -

Forum de discussão

O S-2 Tracker foi durante os anos 50 e 60 o principal avião dedicado à luta anti-submarina baseado em porta-aviões que esteve ao serviço nos Estados Unidos.

Com o aumento da dimensão dos aviões embarcados, a marinha norte-americana precisou concentrar em uma aeronave, as funções que eram desempenhadas por vários aviões do tipo Avenger, adaptados.

O S-2 Tracker, com mais espaço para a tripulação, novos sistemas de detação e capacidade para transporte de bombas e sonoboias, transformou-se rapidamente num meio extremamente eficiente na luta contra o crescente número de submarinos russos que começaram a sair dos estaleiros na década de 1950.

O Tracker era um avião construido em metal, com asas em metal, dobráveis, para facilitar a sua operação a bordo
A versão mais produzida foi a versão E, com 252 exemplares produzidos (42% do total).

No entanto, ele continuou a apresentar alguns problemas, que nunca foram resolvidos. O principal era o seu alcance operacional, que era relativamente reduzido especialmente quando comparado com as aeronaves baseadas em terra.

Informação genérica:
O desenvolvimento do S-2 Tracker começou entre 1948 e 1949, numa altura em que a marinha dos Estados Unidos procurava uma alternativa para substituir o TBM-3W de pesquisa marítima e o TBM-3S de ataque (Grumman Guardian).
Estas aeronaves eram utilizadas para luta anti-submarina e tornava-se necessário juntar em um só avião as duas funções.

O fabricante Grumman desenvolveu o seu projeto G-89, com asa alta, uma cabina espaçosa para quatro tripulantes, juntamente com sistemas de nevegação modernos, um radar de busca e um detetor de anomalias magnéticas (MAD na signa em inglês) adequado para encontrar submarinos submersos. O avião também foi equipado com sonoboias.

O primeiro voo teve lugar em 4 de Dezembro de 1952 e a primeira unidade de produção entrou ao serviço em Fevereiro de 1954.

Com base no Tracker foi também desenvolvido o Tracer que era uma aeronave AEW (Aviso Aéreo Antecipado), ou um radar aerotransportado.

Outra versão desenvolvida foi o Trader, que era basicamente o Tracker com um arranjo interno de forma a permitir o transporte de passageiros e carga prioritária de e para os porta-aviões.

Foram produzidos quase 1200 em várias séries, das quais se destacam:

I geração
S-2C - com maior capacidade para transportar bombas.

II geração
S-2D (100 produzidos) e S-2E (252 produzidos) com modernizações ao nível dos equipamentos e electrónica (46cm mais longo)
S-2B - Uma versão modernizada do S-2A

III geração
S-2G - Modernização e reconstrução de 50 exemplares do S-2E

Embora o Tracker tenha deixado de estar ao serviço na marinha dos Estados Unidos a partir de 1976, ele continuou ao serviço em vários países do mundo, nomedamente da Argentina, que modernizou os seus aviões, adaptando-lhes novos motores de turbopropulsão em substituição dos motores radiais.

S-2(T) - Versão modernizada, que recebeu dois motores turbohelice Garret TPE.331 de 1645cv cada um. Esta versão pode atingir 500km/h, pode transportar mais 500kg mas tem um alcance operacional ligeiramente mais pequeno.

Várias adaptações do Tracker foram produzidas quando ele foi retirado de serviço nos Estados Unidos. Entre elas destaca-se a versão com motor do tipo turbopropulsor para combate a incêndios.

-

   
---