Loading

40mm QF L/52 (2 pdr)
Anti-tanque

Fabricante da arma: Armstrong
Função principal: Anti-tanque --- Calibre: 40mm
Cadência de tiro: 0 disparos p/min (max) Alcance eficaz: de 500 a 900m
Comprimento da peça (cano): 0mm /
Peso da munição: 1080grPeso da arma: 0Kg
Velocidade do projectil: 850 metros/s (max) Carregamento: manual
Ineficaz a qualquer distância
450M
850M
1000M

 

Utilizado pelos seguintes veículos:
Carro de combate médio - Valentine Mk.I / Mk.IV
Carro de combate médio - A-13 «Cruiser» Mk-IV
Carro de combate médio - A-12 «Matilda-II» Mk-2
Carro de combate pesado - Churchill A-22 Mark-I / II


Também conhecido como apenas como canhão de 2 libras (two pounder) esta peça foi utilizada pelas forças britânicas na primeira fase da II Guerra Mundial.
Trata-se de um canhão com uma velocidade de disparo relativamente elevada (850 metros por segundo) e que era básicamente o equivalente britânico ao calibre 37mm utilizado pelos alemães.
Ele começou a ser desenvolvido em em meados dos anos 30 e foi inicialmente utilizado numa versão adaptada para a instalação no tanque A-13 «Cruiser»

Também serviu como arma anti-tanque para infantaria, onde era visto como ligeiramente superior ao seu congenere alemão de 37mm (PaK-36), embora fosse muito mais pesado (quase o dobro do peso) o que o tornava mais complicado de utilizar por forças de infantaria.

A arma foi considerada pouco eficiente na sua função anti-tanque, à medida em que novos e mais poderosos veículos eram lançados. O canhão de 40mm mostrou não ser suficiente para destuir os tanques alemães e acima de tudo não tinha um alcance suficiente, quando os alemães passaram a utilizar no deserto os seus canhões de 88mm anti-aéreos para a função de defesa anti-tanque fixa.

Isto levou a que os veículos equipados com este tipo de armamento fossem retirados de serviço ou convertidos para outras funções. A arma seguinte utilizada pelos britânicos para esta função foi o canhão de 6 libras.

Esta arma foi substituida por calibres superiores (até 76mm)


 
   
---