Armas relacionadas:

155mm M2 «Long Tom»
Não aplicável
155mm M-114A1
Obús
155mm M198 L/39
Obús
155mm T6 L/52
Obús
155mm L/52 «Palmaria»
Não aplicável
155mm G5 L/45
Obús
155mm L/45 PLL-01 M.1988
Obús
155mm M-185
Não aplicável
155mm M284/39
Não aplicável
155mm Rh-L52
Obús
155mm M777 L/39
Obús
155mm L/52 PLL-01 M.2006
Obús
155mm AH4 L/39
Obús

Loading

Torre 155mm L/52 «Palmaria»

Fabricante da torre: Oto-Melara
Função principal: Artilharia de médio/longo alcance Calibre da arma: 155mm
Cadência de tiro: 6 disparos p/min.Alcance máximo: 24Km (14.9Milhas)
Peso da munição: 48Kg Alcance Antiaéreo : 0Km
Peso da torre: 6000KgTripulação: 6
Numero de canhões do sistema:1 Elevação: 0

 

Países que utilizam este sistema: Emirados Árabes Unidos - Libia -

Utilizado pelos seguintes veículos:
Artilharia Auto propulsada - TAM-VCA «Palmaria»
Artilharia Auto propulsada - Palmaria


A Itália recebeu dos EstadosUnidos um elevado numero de sistemas de artilharia autopropulsados do tipo M-109 equipados com o canhão curto mod. M-126A1 - 155mm /L23.

Com o envelhecimento desses equipamentos, foi considerada a possibilidade durante os anos 70 de desenvolver uma versão modernizada do canhão de 155mm para substituir os canhões M-126 instalados nos M-109A1.

O resultado foi esta sistema de 155mm produzida pela Otobreda. Ele tem um alcance superior ao canhão americano e uma cadência de tiro ligeiramente superior.

O sistema foi instalado no chassis de um Leopard-1 modernizado fabricado em Itália e que foicou conhecido como OF-40.

O sistema acabou por não foi ser vendido para o exército italiano, pois a modificação foi considerada muito cara.

Além de instalado no sistema Palmaria, este sisteama também foi instalado no sistema TAM-VCA argentino.

Descrição genérica sobre este tipo de armamento:
O calibre 155 foi desenvolvido ainda durante a I guerra pelos franceses, e tornou-se comum como artilharia pesada durante a II guerra mundial.

O calibre foi resultado da adopção pelo exército norte-americano do sistema metrico. Por esta razão o exército passou a utilizar o calibre 155mm, enquanto que a marinha norte-americana continuou a utilizar o calibre equivalente de 6 polegadas (152mm).

Este calibre passou a ser um standard da artilharia dos países ocidentais, quer da NATO quer dos exércitos fornecidos pelos países ocidentais.

Este calibre é equivalente ao das peças de artilharia soviéticas de 152mm (que curiosamente continuou a utilizar o calibre de 6 polegadas).


Após o corte de relações com a União Soviética, a China também introduziu artilharia deste calibre.

Os chineses continuam a manter em simultâneo unidades armadas com peças de 155mm e 152mm.


 
   
---