Armas relacionadas:

Falcão / Falconete
Canhão naval
Grande Colubrina
Canhão naval
Quarto de Colubrina
Canhão naval
Meia Colubrina
Canhão naval
Colubrina
Canhão naval
Sacre
Canhão naval

Loading

Falcão / Falconete
Arma de defesa pessoal

Fabricante da arma: Varios
Função principal: Arma de defesa pessoal Calibre da arma: 20mm
Peso da munição: 0.5KgAlcance entre 0.3 Km. e 1.5 Km.
Peso da arma: 0Kg

 

Sistema utilizado pelos seguintes navios:
Navios da antiguidade Classe Dhow (Muçulmanos)


O Falcão, é também conhecido como «Oitavo de colubrina», sendo o Falconete uma versão ainda mais pequena desta arma.

Trata-se da mais ligeira das peças de artilharia utilizada a bordo dos navios dos séculos XV e XVI, e a maioria dos navios portugueses que se lançaram ao mar na gesta das descobertas no seéculo XV, tinham este como o seu armamento mais poderoso.

É uma arma essencialmente anti-pessoal, de pequeno calibre e cano proporcionalmente longo.

Era a arma mais importante a bordo das primeiras caravelas e caravelões das descobertas e servia apenas para defender os navios em caso de ataque por parte de nativos. As caravelas das descobertas eram navios de exploração e pesquisa e não navios de guerra adequados para combate com outros navios, pelo que este armamento era normalmente considerado suficiente.

Descrição genérica sobre este tipo de armamento:
Designa-se normalmente por colubrina, um tipo de peça de artilharia caracterizada pelo seu longo cano e maior alcance de tiro.

No entanto, isto não implica que todas as colubrinas fossem por definição armas de pequeno calibre, porque algumas tinham capacidade para arremessar projecteis tão grandes como os canhões da mesma época.

A maior das colubrinas era a «Grande Colubrina» uma arma com capacidade para disparar um projectil de


 
   
---