Armas relacionadas:

37mm SA-18 L/21
Canhão
37mm Type-94 L/45.6
Canhão anti-tanque
37mm SA-38 L/33
Canhão
37,2mm A7 / KwK 38(t)
Não aplicável
37mm FlaK-37 / FlaK-43 L/89
Canhão anti-aéreo

Loading

37mm SA-38 L/33
Anti-tanque

Fabricante da arma: Puteaux, arsenal
Função principal: Anti-tanque --- Calibre: 37mm
Cadência de tiro: 6 disparos p/min (max) Alcance eficaz: de 100 a 1000m
Comprimento da peça (cano): 1220mm /
Peso da munição: 0grPeso da arma: 0Kg
Velocidade do projectil: 701 metros/s (max) Carregamento:
Ineficaz a qualquer distância
Ineficaz a qualquer distância
500M
1000M

 

Utilizado pelos seguintes veículos:
Carro de combate leve - H-35


Derivado do canhão do mesmo tipo SA-18 de cano curto, o SA-38, com um comprimento de 1.22m imprimia aos projecteis uma velocidade bastante superior à do seu congénere. Enquanto a função do canhão curto era a de apoio à infantaria o canhão longo deveria servir para atacar blindados pois a sua velocidade deveria permitir com facilidade destruir a blindagem dos tanques nos anos 30.

Por esta razão o canhão «longo» de 37mm dos tanques franceses continuou a ser utilizado pelos alemães que adaptaram vários veículos franceses para sua utilização durante a II guerra mundial.

O canhão SA-38 esteve ao serviço no tanque ligeiro de infantaria R-35 e também no tanque ligeiro de cavalaria H-35 e H-39.

Descrição genérica sobre este tipo de armamento:
O calibre 37mm tornou-se num calibre genérico, utilizado pela maioria dos países europeus e pelos Estados Unidos, para a função anti-carro, na década que antecedeu a II guerra mundial.

No entanto, a sua origem reside num acordo internacional assinado ainda no século XIX.
Na declaração de St. Petersburg (capital do império russo) vários países decidiram banir todos os projeteis explosivos com menos de 400g. Por isso, o calibre 37mm era o mais pequeno que podia ser fabricado com ogiva explosiva.
Ainda que com a I guerra mundial a declaração tenha deixado de estar em vigor, o calibre transformou-se num standard internacional.

A França esteve entre os países que desenvolveram este calibre, para instalação nos seus tanques ligeiros.
O Japão também desenvolveu uma arma deste calibre, embora a tenha substituido por um derivado da peça alemã PAK-36

Link para aceder à ficha da peça PAK-35/36 alemã


 
   
---