Armas relacionadas:

305mm L/40 M.1895 (ru)
Canhão naval
305mm L/45 M.1906 (f)
Canhão naval
305mm /45 (K-10)
Canhão naval
305mm L/52 M.1910 (ru)
Canhão naval
305mm SK L/50 (g) M.1910
Canhão naval

Loading

305mm SK L/50 (g) M.1910
Anti-navio

Fabricante: Krupp
Função principal: Anti-navioCalibre: 305mm
Cadência de tiro: 3 disparos p/min.Alcance à superficie: 16.2Km
Alcance Anti aéreo: 0KmElevação máxima: 16º
Peso da munição: 543KgPeso do sistema: 114309Kg
Nr. de canhões: 1Tripulação: 0

 

Sistema utilizado pelos seguintes navios:
Cruzador de batalha Classe Derfflinger (Império Alemão)
Couraçado «tipo Dreadnought» Classe Helgoland (Império Alemão)
Couraçado «tipo Dreadnought» Classe Kaiser (Império Alemão)
Couraçado «tipo Dreadnought» Classe Konig (Império Alemão)


O modelo SK L/50 de origem alemã, foi a resposta ao desenvolvimento pelos britânicos dos canhões de 343mm (13.5") para instalação nas classes de couraçados do tipo Dreadnought melhorados.
Por seu lado, os britânicos consideram que foram os rumores sobre o lançamento de couraçados alemães equipados com este armamento que ditaram o lançamento dos canhões de 343mm britânicos.

Os alemães optaram por calibres inferiores aos dos britânicos, por considerarem que embora tivessem menor calibre os canhões alemães tinham maior alcance e podiam imprimir maior velocidade aos projecteis disparados. Os estrategas do país consideravam que era vantajoso utilizar este tipo de armamento por razões práticas, como por exemplo a maior facilidade de manuseamento e de espaço necesaário para armazenar as cargas e os projecteis.

A desvantagem dos canhões alemães de alto poder de fogo e menor calibre residia na sua menor esperança de vida.
Uma arma deste tipo deveria disparar atá 150 vezes até ter que ser retirada de serviço. Em contrapartida os canhões britânicos poderiam disparar normalmente mais de 200 e até 220 vezes antes de necessitarem ser retirados.


Nota importante:
Muitos canhões deste tipo foram construidos. Muitos deles foram posteriormente utilizados como baterias costeiras em instalações fixas durante a II Guerra Mundial. Nesta função, e depois de modernizados, o seu alcance máximo chegava a atingir 39km.

Descrição genérica sobre este tipo de armamento:
Quando o calibre de 305mm se tornou um standard da marinha da Grã Bretanha, as outras marinhas europeias optaram por seguir a mesma prática.

Por esta razão, os franceses e os russos (que utilizavam armamento de projecto francês) passaram a utilizar armamento deste calibre nos seus navios couraçados. A Alemanha manteve o calibre 280mm nos seus navios principais até mais tarde, mas acabou por aderir ao novo calibre já na primeira década do século XX.

A Áustria também lançou duas classes de navios que estavam armados com peças deste calibre.

O lançamento pelos alemães de canhões de 305mm, levou a uma escalada nos armamentos, principalmente dos britânicos, pois acreditava-se que os canhões alemães de 305mm seriam superiories aos britânicos. Essa superioridade acabou por não se confirmar durante o conflito, mas condicionouo desenvolvimento de armas de novos calibres.


 
   
---