Armas relacionadas:

155mm M2 «Long Tom»
Não aplicável
155mm M-114A1
Obús
155mm M198 L/39
Obús
155mm T6 L/52
Obús
155mm L/52 «Palmaria»
Não aplicável
155mm G5 L/45
Obús
155mm L/45 PLL-01 M.1988
Obús
155mm M-185
Não aplicável
155mm M284/39
Não aplicável
155mm Rh-L52
Obús
155mm M777 L/39
Obús
155mm L/52 PLL-01 M.2006
Obús
155mm AH4 L/39
Obús

Loading

155mm L/45 PLL-01 M.1988
Artilharia de médio/longo alcance

Fabricante: Norinco
Função principal: Artilharia de médio/longo alcance --- Calibre: 155mm
Cadência de tiro: 4 disparos p/min.Alcance máximo: 24Km
Comprimento: 0M / Largura: 0 - Altura: 0
Peso da munição: 48KgPeso do sistema: 12000Kg
Velocidade do projectil: 903 metros/s Tripulação da peça: 0

 

Utilizado pelos seguintes veículos:
Artilharia Auto propulsada - PLZ-45


O obus PLL-01, cuja versão de exportação é conhecida como WA01, é uma versão fabricada sob licença na China do obus GC-45 originário do Canadá. A arma foi fabricada sob licença na Áustria a a licença foi posteriormente estendida à China.

A incorporação de armas de calibres ocidentais nas foras do exército popular de libertação chinês ocorreu num período de crise e más relações entre a República Popular da China e a União Soviética, período esse que teve inicio com a abertura à China iniciada pelo presidente americano Richard Nixon no inicio dos anos 70.

Na imagem de topo o PLL01 em posição de movimento. Na foto inferior a versão reduzida (cerca de 6ton. Destinada à exportação)
Várias empresas ocidentais foram autorizadas a fornecer aos chineses autorizações de fabrico e o known-how para que os equipamentos pudessem ser fabricados localmente.

O PLL-01, também conhecido como Type-88, deveria ser utilizado paralelamente com o modelo Type-66 de 152mm, uma cópia chinesa do obus soviético D-20.

Os chineses consideraram o modelo ocidental claramente superior ao modelo soviético e gradualmente novos sistemas com este calibre têm vindo a ser introduzidos pelos chineses.

Embora se trare de um modelo rebocado, ele dispõe de capacidade de locomoção própria em caso de necessidade, podendo utilizar a sua unidade auxiliar de potência que permite deslocar a peça de artilharia por até 80km, a uma velocidade de até 18km/h.

A vida útil de cada arma é estimada em 2.500 disparos.

Descrição genérica sobre este tipo de armamento:
O calibre 155 foi desenvolvido ainda durante a I guerra pelos franceses, e tornou-se comum como artilharia pesada durante a II guerra mundial.

O calibre foi resultado da adopção pelo exército norte-americano do sistema metrico. Por esta razão o exército passou a utilizar o calibre 155mm, enquanto que a marinha norte-americana continuou a utilizar o calibre equivalente de 6 polegadas (152mm).

Este calibre passou a ser um standard da artilharia dos países ocidentais, quer da NATO quer dos exércitos fornecidos pelos países ocidentais.

Este calibre é equivalente ao das peças de artilharia soviéticas de 152mm (que curiosamente continuou a utilizar o calibre de 6 polegadas).


Após o corte de relações com a União Soviética, a China também introduziu artilharia deste calibre.

Os chineses continuam a manter em simultâneo unidades armadas com peças de 155mm e 152mm.


 
   
---