Armas relacionadas:

73mm 2A28 «Grom»
Canhão
100mm 2A70
Canhão
125mm 2A75 «Sprut»
Canhão anti-tanque

Loading

125mm 2A75 «Sprut»
Anti-tanque

Fabricante da arma: Soviet State Factories
Função principal: Anti-tanque --- Calibre: 125mm
Cadência de tiro: 0 disparos p/min (max) Alcance eficaz: de 0 a 0m
Comprimento da peça (cano): 0mm /
Peso da munição: 0grPeso da arma: 0Kg
Velocidade do projectil: 0 metros/s (max) Carregamento: Auto

 

Utilizado pelos seguintes veículos:
Caça-tanques - 2S25 Sprut-SD


O 2A75 é uma versão especial do canhão 2A46 cujas versões equipam a maior parte dos carros de combate russos e chineses desde os anos 60.
O 2A75 começou a ser desenvolvido em meados dos anos 90, embora os problemas financeiros tenham atrasado o processo.

A arma pode disparar todo o tipo de munição disparada pelos carros de combate principais, e a sua principal diferença está no sistema de absorção da energia do disparo, que tem um curso extra-longo, permitindo assim a sua instalação em carros de combate ligeiros.

Naturalmente que, ainda que a arma e a munição sejam idênticas, como parte da energia do disparo é absorvida pelo sistema de recuo, a potência efectiva deste canhão é bastante menor que a dos seus irmão e instalados nos carros de combate principais quando se trata utilizar munição perfurante cinética.
Já quando se trata de munição de energia quimica, que não depende da velocidade do disparo, essa diferença é inexistente, ainda que este tipo de munição seja pouco eficiente perante as novas blindagens compostas, típicas dos carros de combate ocidentais.

No entanto, as vantagens logísticas de utilizar o mesmo tipo de munição para um maior numero de veículos, são de grande importância, especialmente para forças onde a dificuldade de abastecimento seja um problema.

Embora seja uma arma adaptada para disparar munição a uma pressão inferior, o 2A75 mentém muitas características que se encontram nas peças de 125mm que equipam os carros de combate médios soviéticos/russos.

Descrição genérica sobre este tipo de armamento:
A industria soviética, produziu vários tipos de armamento destinados a dar às forças de infantaria, alguma capacidade para lutar contra blindados.

A peças de baixa pressão, foram especialmente utilizadas desde a década de 1960 para equipar as viaturas blindadas de infantaria soviéticas e posteriormente também russas.

Trata-se de armas que disparam munição de alto explosivo, que é capaz de perfurar a blindagem através de um jato de metal líquido, que resulta de uma reação química que ocorre quando o projetil atinge o alvo.

Este tipo de arma, tornou-se pouco eficiente, à medida que os países ocidentais começaram a incorporar blindagens compostas por vários tipos de materiais, que tendem a provocar a disrupção do jato de metal.
Ainda assim, a URSS insistiu neste tipo de arma ao produzir uma nova arma de baixa pressão destinada à viatura BMP-3.

Mais tarde, a Russia desenvolveu mesmo uma versão da peça principal de 125mm que equipa carros de combate, para adapta-la ao caça-tanques leve «Sprut»


 
   
---