Armas relacionadas:

155mm M2 «Long Tom»
Não aplicável
155mm M-114A1
Obús
155mm M198 L/39
Obús
155mm T6 L/52
Obús
155mm L/52 «Palmaria»
Não aplicável
155mm G5 L/45
Obús
155mm L/45 PLL-01 M.1988
Obús
155mm M-185
Não aplicável
155mm M284/39
Não aplicável
155mm Rh-L52
Obús
155mm M777 L/39
Obús
155mm L/52 PLL-01 M.2006
Obús
155mm AH4 L/39
Obús

Loading

155mm M2 «Long Tom»
Artilharia de médio/longo alcance

Fabricante: US Watervliet Arsenal
Função principal: Artilharia de médio/longo alcance --- Calibre: 155mm
Cadência de tiro: 2 disparos p/min.Alcance máximo: 23.2Km
Comprimento: 13.7M / Largura: - Altura: 3.06
Peso da munição: 42.9KgPeso do sistema: 13700Kg
Velocidade do projectil: 823 metros/s Tripulação da peça: 15

 

Utilizado pelos seguintes veículos:
Artilharia Auto propulsada - M40 «Big Shot»


Quando os norte-americanos adoptaram o sistema metrico para os seus armamentos, a França foi o modelo lógico a seguir (os britânicos não seguiam o sistema métrico e os alemães eram o inimigo), os norte-americanos adoptaram vários modelos de armamento pesado francês e passaram a produzi-los localmente.

O Long Tom é por isso uma adaptação norte-americana da peça de artilharia pesada francesa GPF (Canon de 155 Grande Puissance Filloux mle.1917) desenvolvida já durante a I guerra mundial para substituir sistemas obsoletos.

A arma passou a ser produzida nos arsenais do governo americano a partir de 1917, designada «M1 155mm Field Gun» e foi utilizado tanto pelas unidades convencionais de artilharia do exército como também pelas unidades de defesa costeira.

Esta arma utilizava a mesma munição do M1A1 / M114-A1 de cano curto, mas podia atingir alvos a distâncias muito maiores, por causa do seu cano longo

Descrição genérica sobre este tipo de armamento:
O calibre 155 foi desenvolvido ainda durante a I guerra pelos franceses, e tornou-se comum como artilharia pesada durante a II guerra mundial.

O calibre foi resultado da adopção pelo exército norte-americano do sistema metrico. Por esta razão o exército passou a utilizar o calibre 155mm, enquanto que a marinha norte-americana continuou a utilizar o calibre equivalente de 6 polegadas (152mm).

Este calibre passou a ser um standard da artilharia dos países ocidentais, quer da NATO quer dos exércitos fornecidos pelos países ocidentais.

Este calibre é equivalente ao das peças de artilharia soviéticas de 152mm (que curiosamente continuou a utilizar o calibre de 6 polegadas).


Após o corte de relações com a União Soviética, a China também introduziu artilharia deste calibre.

Os chineses continuam a manter em simultâneo unidades armadas com peças de 155mm e 152mm.


 
   
---