Armas relacionadas:

254mm L/40 (uk)
Canhão naval
254mm L/45 Mk. VI/VII (uk)
Canhão naval

Loading

254mm L/45 Mk. VI/VII (uk)
Anti-navio

Fabricante: Elswick Shpb. (Armstrong)
Função principal: Anti-navioCalibre: 254mm
Cadência de tiro: 3 disparos p/min.Alcance à superficie: 12Km
Alcance Anti aéreo: 0KmElevação máxima: 13º
Peso da munição: 294KgPeso do sistema: 0Kg
Nr. de canhões: 1Tripulação: 0

 

Sistema utilizado pelos seguintes navios:
Couraçado «Pré Dreadnought» Classe Swiftsure (1903) (Reino Unido)


Estas armas foram desenvolvidas pelos britânicos após encomenda da marinha chilena e destinavam-se a armar os dois couraçados que a marinha chilena encomendou no inicio do século XX.

Na realidade os dois navios chilenos receberiam peças de artilharia distintas, por causa de cada um ter sido construido num estaleiro diferente, e ter recebido armamento produzido por cada um dos fornecedores.

As peças nunca chegaram a ser utilizadas pelos chilenos, porque os navios onde foram instaladas foram vendidos à Royal Navy após o Chile ter entrado num acordo de desarmamento com a Argentina em 1902.

Foram fabricadas dez peças deste tipo, cinco Mk.VI e outras tantas Mk.VII.

Conforme os dados disponíveis, o alcance das peças L/45 era inferior ao das peças L/40 mais curtas. Não é impossível que estejamos perante mais um resultado da politica de desinformação que caracterizou a imprensa britânica durante as duas primeiras décadas do século XX. Em principio o cano mais longo das peças L/45 e a carga maior, deveriam dar a esta arma um alcance superior.

Descrição genérica sobre este tipo de armamento:
Embora a industria britânica tenha desenvolvido peças de artilharia de 10 polegadas (254mm) a Royal Navy pouco utilizou este tipo de armamento.

Contam-se no entanto entre as peças desenvolvidas e construidas na Grã Gretanha os canhões de 10 polegadas e 32 calibres que equiparam o couraçado de 2ª classe Renown de 1898 e outros navios desde a década de 1870.

Posteriormente canhões de 254mm e 40 calibres foram desenvolvidos para os cruzadores blindados italianos (vendidos também para a Argentina, o Japão e a Espanha).

Além desta classe de navios, os britânicos produziram ainda uma arma com o mesmo calibre mas com cano mais longo (45 calibres) destinada aos dois couraçados que a marinha chilena encomendou no final do século XIX, os quais acabaram por ser adquiridos pelos britânicos (ver classe Swiftsure).


 
   
---