Armas relacionadas:

305mm L/40 M.1895 (ru)
Canhão naval
305mm L/45 M.1906 (f)
Canhão naval
305mm /45 (K-10)
Canhão naval
305mm L/52 M.1910 (ru)
Canhão naval
305mm SK L/50 (g) M.1910
Canhão naval

Loading

305mm /45 (K-10)
Anti-navio

Fabricante: Skoda
Função principal: Anti-navioCalibre: 305mm
Cadência de tiro: 3 disparos p/min.Alcance à superficie: 5Km
Alcance Anti aéreo: 0KmElevação máxima: 20º
Peso da munição: 590KgPeso do sistema: 52650Kg
Nr. de canhões: 3Tripulação: 0

 

Países que utilizam este sistema: Italia -

Sistema utilizado pelos seguintes navios:
Couraçado «Pré Dreadnought» Classe Radetzky (Império Austro-Hungaro)
Couraçado «tipo Dreadnought» Classe Tegethoff (Império Austro-Hungaro)


Desenvolvidos e construidos nas forjas de Pilsen na Boemia-Moravia (Império Austro-Hungaro), posteriormente Checoslováquia e hoje República Checa, estes canhões foram instalados a bordo de duas classes de navios construidos pelo império Austro-Hungaro.

Este armamento foi desenvolvido com o apoio da Krupp alemã, mas com modificações resultado das necessidades da marinha do império austro-hungaro.
Assim sendo, as cargas eram superiores, e o alcance máximo era também ligeiramente superior ao das peças alemãs do mesmo calibre.
Em contra-partida a esperança de vida média das armas era também inferior à dos canhões alemães de 305mm: 150 a 200 disparos.

Descrição genérica sobre este tipo de armamento:
Quando o calibre de 305mm se tornou um standard da marinha da Grã Bretanha, as outras marinhas europeias optaram por seguir a mesma prática.

Por esta razão, os franceses e os russos (que utilizavam armamento de projecto francês) passaram a utilizar armamento deste calibre nos seus navios couraçados. A Alemanha manteve o calibre 280mm nos seus navios principais até mais tarde, mas acabou por aderir ao novo calibre já na primeira década do século XX.

A Áustria também lançou duas classes de navios que estavam armados com peças deste calibre.

O lançamento pelos alemães de canhões de 305mm, levou a uma escalada nos armamentos, principalmente dos britânicos, pois acreditava-se que os canhões alemães de 305mm seriam superiories aos britânicos. Essa superioridade acabou por não se confirmar durante o conflito, mas condicionouo desenvolvimento de armas de novos calibres.


 
   
---