Mísseis do mesmo tipo:
Crotale R440
Míssil antiaéreo
Crotale VT-1 / Mk.3
Míssil antiaéreo
HQ-7 / CSA-N-4
Missil naval de defesa aérea

Dados sobre países utilizadores:

Crotale VT-1 / Mk.3
Míssil antiaéreo


Fabricante: Thomson-CSF / Thales
Função principal: Defesa Anti-Aérea
Alcance: 15km Velocidade: 4200km/h
Tipo de ogiva : Alto Explosivo / pre fragmentadaPeso da ogiva : 14Kg.
Peso total: 85KgComprimento: 2.89 M.
Diâmetro: 150mmSistema orientação: Infravermelhos

 

Unidades navais que utilizam este sistema


Depois da versão desenvolvida nos anos 60, uma nova versão do Crotale foi desenvolvida, tendo recebido a designação de «Crotale-NG» de Nova Geração com o míssil VT-1 de hiper velocidade.

O sistema começou a ser incorporado em 1990 e foi adquirido por vários países entre os quais a França, a Finandia, a Grécia, a Arábia Saudita e o Oman, entre outros.
O míssil tanto pode ser utilizado em sistemas terrestres como nos sistemas embarcados.

Um desenvolvimento mais recente (2008) do Crotale, é o Crotale-NG Mk.3, que permite a utilização do míssil em conjunção com o radar de pesquisa aérea Thales SMART-S. O míssil pode atingir alvos a altitudes de até 6.000m. Um novo motor de alt velocidade permite atingir velocidades superiores a 4.000km/h e mesmo assim atacar alvos a muito baixa altitude, tendo capacidade autónoma para distinguir entre o terreno e edificios e helicópteros em voo estacionário.

Como outros mísseis modernos, ele é mais resistente a emissões radioelectricas e é controlado por radar. No caso de o radar perder o controlo do míssil, ele pode idêntificar alvos e ataca-los utilizando os sensores que forem mais adequados, para as condições atmosféricas de visibilidade ou de interferências radioelectricas que tiverem sido detectadas.

Informação genérica:
Os mísseis franceses Crotale, começaram a ser concebidos nos anos 60 e o seu primeiro cliente foi a África do Sul. O exército francês também se interessou pelo sistema, tendo adquirido 20 baterias de mísseis durante os anos 70.


O míssil evoluiu, tendo sido apresentados sistemas adequados a diversas funções e com diversos melhoramentos ao longo do tempo.

Crotale 440 - Versão inicial dos sisstemas Crotala. Utilizado também como míssil co sistema «Shahine» de defesa anti-aérea terrestre da Arábia Saudita.

O Crotale-NG - Nova geração de mísseis deste tipo, com capacidade para atingir aeronaves a baixa altitude e vaixa velocidade ou contra helicópteros em voo estacionário.

Crotale NG - VT1 - lançado em 1998

Crotale NG Mk.3 - Em testes em 2008, a mais recente versão

HQ-9 - Versão do Crotale 440 fabricada sob licença na China.

   
---