SS-N-15 «Starfish»
Míssil anti-navio


Fabricante: Raduga
Função principal: Anti-navio
Alcance: 50km Velocidade: Variável / discutido
Tipo de ogiva : Nuclear ou convencionalPeso da ogiva : 0Kg.
Peso total: 1800KgComprimento: 6.5 M.
Diâmetro: 533mmSistema orientação: Inercial

 

Unidades navais que utilizam este sistema


O míssil SS-N-15 da fabrico russo, é mais um dos dispositivos de origem soviética, que combinam um míssil com um torpedo.
O SS-N-15 substituiu o mais antigo SS-N-14 e é lançado como um míssil e viaja a baixa altitude. Quando atingo o ponto de lançamento lança o torpedo na água com o intuito de destruir o alvo. O seu conceito era tão parecido com o do sistema ASROC norte-americano que muitas fontes consideram que se trata de mais uma arma copiada através de espionagem.

O sistema «Starfish» ficou operacional em 1968 e foi instalado em muitos submarinos da marinha da União Soviética.

Ele continuou ao serviço por muito tempo r foi instalado nos submarinos Typhoon (designação NATO) projecto 941 e também foi instalado no submarinos do tipo Delta.

Além de ser instalado em submarino, ele foi igualmente adaptado para utilização a partir de navios de superfície, especialmente pelo terror que os submarinos americanos inspiravam na marinha soviética.

Este tipo de sistema foi no entanto considerado muito deficiente pelos soviéticos, que começaram a desenhar um substituto ainda nos anos 70, dedicando-se a

   
---