Mísseis do mesmo tipo:
AIM-4B «Falcon»
Missil ar-ar curto/médio alcance

AIM-4B «Falcon»
Missil ar-ar curto/médio alcance


Fabricante: Hughes
Função principal: missil ar-ar
Alcance: 9.7km
Precisão: 1m
Velocidade: 3600km/h
Tipo de ogiva : Alto Explosivo / pre fragmentadaPeso da ogiva : 3.4Kg.
Peso total: 0KgComprimento: 1.98 M.
Diâmetro: 163mmSistema orientação: Radar semi-activo / Infravermelhos na fase final

 

Aeronaves que utilizam este sistema


Resultado de um programa de desenvolvimento para um míssil com capacidade de atacar aeronaves, o míssil Falcon encontra as suas origens em 1946, quando a Hughes Aircraft assinou o contrato de desenvolvimento.

Se o projeto inicial previa um míssil adequado para atacar bombardeiros, rapidamente se considerou a necessidade de desenvolver um sistema com capacidade para atacar aeronaves, resultado da análise sobre o conflito aéreo na guerra da Coreia.

O míssil foi integrado a aeronaves como o F-89, F101 e F-102, todos avioes especializados em intercepção.

O AIM-4A (inicialmente GAR-1)

O AIM-4B

Informação genérica:
Logo após o finam da II guerra mundial, e com o inicio da guerra fria, a corrida a novos armamentos entre as duas super potências prosseguiu, com os norte-americanos a tentar obter vantagens tecnologicas que pudessem ultrapassar a superioridade numérica dos soviéticos.

Os testes de sistemas de mísseis capazes de atacar bombardeiros, começaram logo em 1949. altura em que a União Soviética já tinha demonstrado ter capacidade nuclear.

Com as dificuldades enfrentadas pelos caças americanos perante os novos caças soviéticos MiG-15, a prioridade passou a ser o desenvolvimento de um míssil com capacidade para atacar aeronaves.

Duas versões foram inicialmente desenvolvidas. O GAR-1 e o GAR-2 que viria a ser o AIM-4.

   
---