Mísseis do mesmo tipo:
BGM-71A TOW
Missil anti-tanque
BGM-71D TOW-2
Missil anti-tanque

Dados sobre países utilizadores:

BGM-71D TOW-2
Missil anti-tanque


Fabricante: Raytheon Systems
Função principal: Anti-tanque
Alcance: 3.75km Velocidade: 1184km/h
Tipo de ogiva : HESH (ogiva deformável)Peso da ogiva : 12.3Kg.
Peso total: 23KgComprimento: 1.28 M.
Diâmetro: 152mmSistema orientação: Filoguiado

 

Sistemas de armas que utilizam este míssil:


O TOW-2, é uma sequência dos desenvolvimentos anteriores da família TOW, e foi introduzido em 1983. Ele é um TOW-1 melhorado, com um novo motor e uma nova ogiva.

A nova ogiva dupla é a principal alteração do TOW-2. O míssil dispõe de uma ogiva mais pequena, destinada a pré-detonar a blindagem reactiva, só depois ocorrendo a explosão da carga principal.

O sistema TOW-2, ou BGM-71D foi também melhorado com a inclusão de uma nova tecnologia que emite um feixe de calor o qual permite a utilização do míssil em ambientes saturados com fumo e pó.
O sistema passa a ser mais capaz para atacar alvos de noite.

Posteriormente foram desenvolvidos:

BGM-71E, conhecido como TOW-2A, especialmente preparado para destruir veículos com blindagem reactiva (ERA).
Esta versão do TOW, introduziu o conceito da ogiva dupla, em que a primeira ogiva se destina a accionar a blindagem reactiva e a segunda ogiva se destina a perfurar a blindagem.

BGM-71F Conhecido como TOW-2B ele tem capacidade «OTA - Overhead Top Attack» para voar a uma altitude superior à do alvo, atacando-o de cima, com o objectivo de evitar a maior blindagem lateral dos carros de combate. O sistema de orientação é idêntico, mas o missil coloca-se automaticamente a uma altitude adequada para atacar o alvo de cima. Entrou ao serviço em 1991.

BGM-71H É uma versão do BGM-71E foi especialmente desenhada para utilização contra bunkers. A munição HESH caracteriza-se por não perfurar a blindagem, provocando um impacto de tal forma grande na parede interior do alvo, que provoca a fragmentação de pedaços da perede interior.

Informação genérica:
O sistema TOW, é um conjunto que inclui os mísseis BGM-71, e o sistema de lançamento e controlo dos mísseis.

Os mísseis BGM-71 / TOW são mísseis anti-tanque que começaram inicialmente a ser desenvolvidos entre 1963 e 1968, com o objectivo de equilibrar o grande desequilibrio que se começava a notar em termos de armamentos convencionais pesados entre a NATO e o Pacto de Varsóvia.

Existem essencialmente dois tipos de míssil TOW (TOW e TOW-2) que são guiados por fio, e são consideracos sistemas SACLOS (Semi-Automatic Command to Line of Sight), o que implica que é necessário que o atirador tenha o alvo na mira durante o voo.


TOW
A família de mísseis TOW (Raytheon).

Presentemente está em desenvolvimento o TOW F&F (Fire & Forget). Nesta nova versão o TOW deixará de ser um míssil do tipo SACLOS (em que o utilizador tem que manter o alvo na linha de mira), podendo designar o alvo e abandonar o local imediatamente após o lançamento.

   
---