Navios deste tipo:

Karel Doorman
Fragata
Alm. Blanco Encalada
Fragata
Leopold I
Fragata
Bartolomeu Dias
Fragata

Listar navios do tipo
Fragata

Notícias relacionadas
Portugal estuda fragatas holandesas



Holanda
Fragata classe
Karel Doorman
(tipo Classe-M)
Classe-M

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 3000 Ton
Deslocamento máx. : 3320 Ton.
Tipo de propulsão: CODOG - Turbina a gás ou motor a Diesel
Comprimento: 122.3 M - Largura: 14.4M
Calado: 4.3 M.
2 x Motor a Diesel Werkspoor 12 SW 280 (8000cv/hp)
2 x Turbina a Gás Rolls Royce Spey-SM1 C (48000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 156 Autonomia: 9000Km a 18 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 30 nós

Canhões / armamento principal
1 x Oto-Melara 76mm Super Rapid / Compact (Calibre: 76mm/Alcance: 16Km)
1 x Thales Nederland 30mm SGE-30 «Goalkeeper» (Calibre: 30mm/Alcance: 3.5Km)

Misseis
Sistema de lançamento Mk.48 Mod.1/16cRIM-7M Seasparrow16 x Raytheon Systems RIM-7M Seasparrow (Defesa antiaérea próxima)
Sistema de lançamento Mk.141Harpoon RGM 84D8 x Boeing Harpoon RGM 84D (Anti-navio)

Torpedos

Radares
- Thales Nederland STIR-180 (Director de tiro - Al.med: 97Km)
- Thales Nederland LW-08 (Pesquisa aérea - Al.med: 162Km)
- Thales Nederland SMART-S (3D) (Combinado Aerea/superficie - Al.med: 70Km)

Outros sistemas electrónicos
- Thales Nederland SEWACO Mk.VII (Sistema de gestão de dados combate)
- Argon - ST AN/SLQ-25 (Engodo anti-torpedo)

Aeronaves embarcadas
- 1 x Agusta-Westland Navy Lynx HAS-8


Forum de discussão

No entanto, as Karel Doorman, são versões aperfeiçoadas, que mostram já a tendência no inicio dos anos 90 para a tentativa de reduzir a assinatura dos navios perante os radares adversários. O navio tem linhas angulosas, lançadores de torpedos ocultados e dois grupos de lançadores de misseis colocados na lateral do hangar, o que reduziu o tamanho do hangar de modo a que esta fragata pode operar apenas um helicóptero, enquanto as Kortenaer operavam dois.

Os sistemas electrónicos também foram melhorados e um radar de pesquisa combinada SMART-3D, embora se tenha mantido o mesmo radar de pesquisa aérea LW-08 das Kortenaer.

São navios extremamente capazes, embora a marinha da Holanda tenha preferido reduzir drasticamente o seu numero, enquanto os navios ainda têm bastante valor militar, preferindo investir numa classe de quatro navios de defesa aérea (LCF) com capacidades muito superiores.

A Holanda parece ter planos para manter apenas duas destas unidades em operação, e a sua operação conjunta com a marinha da Bélgica, à qual foram vendidas duas unidades, permite manter uma elevada operacionalidade e valor militar para estes navios.


Informação genérica:
Os navios do tipo Karel Doorman, representam mais uma derivação da classe Kortenaer, e o seu aspecto exterior é muito parecido com aquela classe também de origem holandesa.

São as primeiras fragatas europeias a integrar características Stealth, ou seja, características que reduzem a «assinatura» dos navios nos radares.

Relativamente modernas e sofisticadas as fragatas do tipo Karel Doorman foram na marinha da Holanda, vitimas dos cortes nos gastos militares.

Dos oito navios que foram incorporados, apenas dois serão mantidos na marinha holandesa. Os restantes seis foram ou serão transferidos para outras marinhas. Em sua substituição entraram em serviço as fragatas (na realidade contratorpedeiros) de defesa aérea do tipo LCF.

As Karel Doorman continuam no entanto ao serviço em outras marinhas.

Dois navios foram transferidos para a marinha do Chile.
Outros dois foram transferidos para a marinha da Bélgica, continuando na prática a operar conjuntamente com a marinha holandesa por causa dos acordos entre as duas marinhas.
Os restantes dois navios foram negociados com Portugal, que os colocará ao serviço em substituição das fragatas da classe Comandante João Belo (Tipo Com. Riviere)


   
---