Navios deste tipo:

Talwar
Fragata
Shivalik
Fragata
Sergei Gorshkov
Fragata
Admiral Grigorovich
Fragata

Listar navios do tipo
Fragata


Russia
Fragata classe
Admiral Grigorovich
(tipo Krivak IV)

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 3850 Ton
Deslocamento máx. : 4035 Ton.
Tipo de propulsão: Turbina a Gás
Comprimento: 124.8 M - Largura: 15.2M
Calado: 4.2 M.
2 x Turbina a Gás M7N1 / DS-71 (56000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 190 Autonomia: 7200Km a 18 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 32 nós

Canhões / armamento principal
1 x Soviet State Factories RBU-6000 (Calibre: 213mm/Alcance: 4.3Km)
1 x Soviet State Factories 100mm L/70 AK-190 (Calibre: 100mm/Alcance: 20Km)
1 x Tulamash Zavod 30mm Kashtan (Calibre: 30mm/Alcance: 4Km)

Misseis
Sistema de lançamento SA-N-7 «Gadfly» / 3S90 launcher12 x Novator 9M38 / HQ-16 «SA-N-7» (Defesa Anti-Aérea)
Sistema de lançamento N/D8 x Novator SS-Nx-27 «Sizzler» / 3M54E1 (Anti-navio)

Radares
- NIIP-Tikomirov MR710 Fregat «Top Plate» (Combinado Aerea/superficie - Al.med: 157Km)


Forum de discussão

As fragatas da classe Grigorovich são mais uma derivação das fragatas do tipo Krivak IV que também foi construido para a marinha da União Indiana.

Estes navios são idênticos aos Talwar da marinha da India e são menos sofisticados que os navios da classe Sergei Gorshkov, baseados no mesmo casco e desenvolvidos pelos estaleiros Admiraltsy de St.Petersburg.
Os navios deverão dispor de um sistema anti-aéreo SA-N-7 baseado no lançador «3S90» com mísseis 9M38.

As fragatas desta sub-classe são destinadas à esquadra russa do mar negro. O seu alcance operacional é julgado mais que suficiente para as necessidades operacionais no Mar Negro, onde a esquadra russa dispõe de navios completamente obsoletos.

Este tipo de navio vai ainda permitir à esquadra russa, alguma capacidade para operações no mediterrâneo, onde o governo russo tem vindo a negociar a concessão de facilidades operacionais no porto sírio de Latakya.

O navio pode transportar um helicóptero Kamov Ka-31, ainda que no Mar Negro a sua necessidade seja duvidosa, em mar aberto o helicóptero torna-se útil, pelo que é de prever que em operações a maiores distâncias o helicóptero seja incorporado.


Informação genérica:
Com base nas fragatas Krivak III / Projecto 1135 da era soviética, os estaleiros navais russos, iniciaram um processo de modificação que levou ao desenho e concepção de uma classe derivada de navios, que ainda que sendo claramente baseados nos navios do tipo Krivak, apresentam características inovadoras e podem permitir a sua classificação como um novo tipo.

Este tipo de navios, designados como projecto 1135,6 são também algumas vezes referidos como Krivak-IV, numa alusão à sua derivação da classe Krivak-III.

Modernização e actualização

Uma outra derivação deste modelo, aparece na forma das fragatas indianas da classe Shivalik, as quais foram desenhadas com o apoio dos estaleiros russos.
Os mesmos estaleiros aproveitaram os estudos efectuados, para lançar a classe Sergei Gorshkov.

Tanto a classe Sergei Gorshkov quanto a classe Shivalik são derivados dos Krivak, embora estejam armados com sistemas de armas diferentes.
Os russos designam estes navios como projecto 22350, aparentando tratar-se de um novo navio. No entanto, as dimensões, proporções arranjo dos armamentos, deslocamento e configuração geral demonstram tratar-se basicamente de uma derivação do projecto 1135/Krivak.

Abaixo, o convés de voo para helicópteros e o hangar de um navio indiano Talwar e à direita uma imagem do Sergei Gorshkov.


Outro estaleiro russo, o estaleiro Yantar de Kaliningrad, baseou-se no mesmo projecto para desenvolver uma versão manos sofisticada das Krivak-IV destinada a operações no Mar Negro, cuja primeira unidade foi baptizada de Admiral Grigorovich.