Navios deste tipo:

Creoula
Navio escola

Listar navios do tipo
Navio escola


Portugal
Navio escola classe
Creoula
(tipo Creoula)
Creoula

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 818 Ton
Deslocamento máx. : 1055 Ton.
Tipo de propulsão: Motor a Diesel
Comprimento: 67.4 M - Largura: 9.9M
Calado: 4.2 M.
1 x Motor a Diesel MTU 8V-183TE92 (665cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 89 Autonomia: Km a nós - Nr. Eixos: 1 - Velocidade Máxima: 12 nós


Forum de discussão

Construido como navio de pesca, para a pesca do bacalhau nas costas da Terra Nova, o lugre de quatro mastros Creoula estabeleceu um record ao ser construido em apenas 62 dias.

Foi uma das primeiras construções dos Estaleiros Navais de Lisboa do grupo CUF.

Desde o seu lançamento dedicou-se à pesca do bacalhau, até ser adquirido pelo Estado Português em 1980, com o objectivo de o transformar em museu.

No entanto, tendo sido verificado o bom estado de conservação do navio, foi decidido utiliza-lo para navio de treino.

Após alterações que incluiram substituir o porão de transporte de peixe por instalações adequadas ao transporte e acomodação de intruendos, além da troca do antigo motor auxiliar por um MTU 8V-183TE92 de 665cv, o navio foi entregue ao Ministério da Defesa em 1987, como Unidade Auxiliar da Marinha, operando como navio de treino de mar.

A sua tripulação base é de 38, mas pode receber um grupo de 52 pessoas, normalmente instruendos e instrutores.

Existem presentemente planos para continuar a utilizar o Creoula, pelo que se considera a possibilidade de uma modernização e substiruição de componentes que se degradam com o tempo, dado se tratar de um navio com grande numero de componentes de madeira que em 2007, completa setenta anos.


Informação genérica:
Lugre de quatro mastros para a pesca do bacalhau. Foram construidos três destes navios. O Creoula, o Santa Maria Manuela e o Argus.

O Creoula opera como Unidade Auxiliar da Marinha portuguesa e funciona como navio de instrução.

Em Maio de 2010, após um processo de recuperação, o Santa Maria Manuela voltou a navegar, operado por uma entidade privada.


   
---