Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Veículo de Combate de Infantaria

Veículos idênticos ou relacionados:


BTR-60PB
Veículo Blindado Transporte Pessoal

BTR-70
Veículo Blindado Transporte Pessoal

BTR-80
Veículo de Combate de Infantaria

BTR-100
Carro de combate leve

2S23 «Nona-SVK»
Morteiro autopropulsado

BTR-90
Veículo de Combate de Infantaria

BTR-4 / APC
Veículo Blindado Transporte Pessoal

 

BTR-90
Veículo de Combate de Infantaria (GAZ)
BTR-90

Projeto: GAZ
Russia
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
7.65
7.7m
2.9m
2.98M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
19t
20.92t
7000Kg
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
GAZ Turbodiesel
500cv
100 Km/h
45 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Oito rodas motrizes
N/disponível
700Km
3+7
60º
30º
Anfíbio
2.1M
0.8M

Armamento básico
- 1 x 30mm 2A42 (Calibre: 30mm - Alcance estimado de 0.2Km a 4Km)
Sistema de radar auxiliar:

País: Servia
Designação Local:BTR-90
Qtd: Máx:200 - Qtd. em serviço:0
Situação: Proposto
Operacionalidade:
Para substituir parte dos seus veículos blindados de transporte de pessoal e de combate que tinha ao serviço, ainda construidos no tempo da antiga Jugoslávia, a Sérvia abriu um concurso internacional, que segundo os dados conhecidos foi ganho pela Rosoboronexport, representante de todas as industrias militares russas para exportação.

Não são conhecidos mais detalhes, para além da intenção de adquirir duzentas unidades do veículo.


Forum de discussão

Apresentado em 1995, o BTR-90 é o mais recente dos veículos da família BTR. Ele está armado com o mesmo tipo de armamento principal do BTR-80 seu antecessor, mas é na realidade um veículo blindado muito mais pesado que o BTR-80.

A análise das linhas exteriores do veículo apontam para que seja maior que o BTR-80 e as indicações apontam para uma blindagem mais eficiente, o que é demonstrado pelo grande aumento do peso que praticamente atinge 21 toneladas.

Embora seja normalmente apresentado com uma torre de 30mm idêntica à instalada nos veículos BMP-2, o BTR-90 pode ser fornecido com várias configurações diferentes de armamento, tendo margem para a instalação de sistemas adicionais. Ele pode ser equipado com a torre armada com peça de 30mm, uma torre armada com metralhadora pesada de 14,5mm ou ainda com equipamento anti-tanque.

Por causa do arranjo interno que permitiu criar mais espaço, é ainda possível operar uma torre com um morteiro (versão morteiro autotransportado) além de poder também servir como base para uma peça de artilharia autopropulsada de 152mm.

O BTR-90 é extremamente rápido em estrada e é completamente anfíbio, atingindo uma velocidade de até 9Km/h dentro de água, sendo propelido por hidrojatos.

O veículo tem sido apresentado a vários países, tendo sido encomendado pela Sérvia, embora não seja segura a encomenda deste veículo por parte do exército russo.



Informação genérica:
Os veículos BTR-Bronye TRransporter ou Transporte Blindado em português, remontam ao periodo final da II guerra mundial, nomeadamente ao modelo BTR-40, praticamente um pequeno camião aberto e com blindagem lateral, desenvolvido ainda durante o periodo da II Guerra Mundial, em 1944, embora só tenha entrado ao serviço em 1950 e inspirado nas viaturas White Scout Car.

A partir dos anos 60, a União Soviética começou a conceber viaturas na configuração 8x8, que passou a ser a configuração standar para as viaturas blindadas de transporte de pessoal.

O primeiro desses veículos foi o BTR-60 com tração 8x8. Ele veio inicialmente complementar o BTR-152, embora também acabasse por substituir os BRDM-2, à medida que os veículos 4x4 foram sendo abandonados e foram sendo substituidos pelas versões BTR mais eficientes e mais capazes com a sua tração às oito rodas.

Posteriormente ao BTR-60, foram lançadas diferentes versões de viaturas 8x8.

O BTR-70, veio incluir uma motorização simplificada e acesso por pequenas portas laterais.

O BTR-80, apresentou novidades na facilidade de evacuação do veículo e incluiu um novo motor e uma torreta redesenhada que permitia à metralhadora 14,5mm fazer fogo anti-aéreo.

O BTR-90, foi a última derivação deste tipo de viaturas, com a inclusão de uma nova torreta armada com canhão de 30mm em substituição da metralhadora 12,7mm.

Com o fim da União Soviética, a Ucrânia continuou a produzir a sua própria derivação, conhecida como BTR-4.