Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Viatura de transporte VIP

 

Aero-Willys «Executivo»
Viatura de transporte VIP (Willys)
Aero-Willys «Executivo»

Projeto: Willys
Estados Unidos da América
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
5.52
n/disponivel
1.84m
1.57M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
1684kg
2.3t
N/disponivel
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
Hurricane 3.0 6cyl.
132cv
155 Km/h
0 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Duas rodas motrizes
N/disponível
0Km
2+5
N/disponivel
0M
0M

Sistema de radar auxiliar:


Forum de discussão

O Willys executivo foi um projecto criado a partir do Itamaraty, o modelo de topo de gama da linha Aero-Willys do fabricante Willys Overland que se instalou no Brasil em 1954.
A limousine de luxo destinava-se não só à utilização por parte de executivos mas também por parte de entidades oficiais brasileiras, sendo ao mesmo tempo um veículo de afirmação da industria automóvel brasileira.

Serviria também como simbolo de status da marca, e na altura existiam no mundo apenas cerca de dez modelos de limousines, incluindo aqui as viaturas da União Soviética e do Japão.

O primeiro Willys Executivo saiu de fábrica em 1966 e foi oferecido ao então presidente Castelo Branco.

O modelo não foi um sucesso. Aquando do seu lançamento o fabricante já enfrentava problemas. No Brasil a Willys ainda tentou salvar o projecto com um redesenho das linhas do veículo mas a venda da Willys à Ford e a introdução de um modelo de topo de gama da própria Ford no mesmo ano, acabou levando ao fim o projecto.

Foram produzidos apenas 27 veículos de 1966 até 1971, altura em que toda a linha saiu de produção. Destes, ainda existem pelo menos 19.

O pequeno numero de veículos produzidos faz do Aero-Willys «executivo» um dos veículos de colecção mais exclusivos do mundo.

Informação genérica:
-