Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Caça-tanques

 

SK-105 / A2
Caça-tanques (Steyr / GDLSE)
SK-105 / A2

Projeto: Steyr / GDLSE
Áustria
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
5.6
7.76m
2.5m
2.6M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
15.5t
17.7t
N/disponivel
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
Steyr 7FA - 6cyl
320cv
70 Km/h
50 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Lagartas
420 Litros
500Km
3
70º
40º
1M
2.4M
0.8M

Armamento básico
- 1 x 105mm CN105 F1/G1 (Calibre: 105mm - Alcance estimado de 0.1Km a 2Km)
Sistema de radar auxiliar:

País: Marrocos
Designação Local:SK-105
Qtd: Máx:121 - Qtd. em serviço:110
Situação: Em serviço
Operacionalidade:
Fornecidos nos anos 80, os SK-105 marroquinos são um dos principais meios daquele país. Por ser mais leve, ele consome menos combustível e é por isso bastante utilizado. Marrocos tem planos para proceder à nodernização dos seus SK-105 para a versão A1.


Forum de discussão

O SK-105 também é conhecido como Kurassier e foi desenvolvido nos anos 60 pela empresa Saurer para o exército austríaco.

O SK-105 não é um tanque, nem tem blindagem capaz de resistir a um canhão de calibre acima de 30mm e a designação de caça-tanques (ou veículo antoi-tanque) tem a ver com o objectivo principal deste veículo, pensado para atacar tanques soviéticos durante a guerra fria, fugindo de seguida. Desta forma ele servia para contrabalançar a enorme superioridade soviética em termos de tanques na Europa Ocidental que começou a ser evidente nos anos 60.

A versão A2, introduzida no inicio dos anos 80, tem como principal diferença relativamente à versão original o sistema automatico de carregamento do canhão e o sistema digital de controlo de tiro.

O SK-105 é muitas vezes confundido com o AMX-30, por utilizar o mesmo tipo de torre. No entanto o seu chassis, sistema de transmissão e sistema motriz pouco ou nada têm a ver com o projecto francês.

Informação genérica:
-