Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Sistema defesa antiaérea Curto/Médio alc.

Veículos idênticos ou relacionados:


TOR-M1 «SA-15 Gauntlet»
Sistema defesa antiaérea Curto/Médio alc.

Tor-M2 / SA-15D
Sistema defesa antiaérea Curto/Médio alc.

 

Notícias relacionadas
Desfiles russos de volta à Praça Vermelha

TOR-M1 «SA-15 Gauntlet»
Sistema defesa antiaérea Curto/Médio alc. (Almaz)
TOR-M1 «SA-15 Gauntlet»

Projeto: Almaz
Russia
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
7.5
n/disponivel
3.3m
5.1M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
31t
34t
N/disponivel
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
V64-4 V-12 Diesel
740cv
65 Km/h
30 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Lagartas
N/disponível
500Km
3
N/disponivel
0M
0M

Misseis / foguetes de artilharia
Sistema de radar auxiliar:


Forum de discussão

O sistema TOR-M1, é o primeiro dos sistemas Tor a ter sido desenvolvido. Trata-se de um sistema autónomo de defesa aérea, montado numa plataforma que se desloca sobre esteiras (lagartas). Ele tem capacidade para atacar alvos aéreos, não se limitando a aeronaves e helicópteros, mas tendo igualmente capacidade para atacar mísseis guiados.
O veículo transporta oito mísseis prontos a disparar, em dois lançadores com quatro mísseis cada um.
Cada um dos mísseis tem um alcance entre 1.5 e 12km, estão selados e não necessitam qualquer intervenção ou manutenção por parte dos operadores.

O sistema de controlo de tiro do Tor-M1 permite-lhe atacar dois alvos simultaneamente, conseguindo operar independentemente das condições atmosféricas e na presença de ambientes altamente contaminados por meios electrónicos.
No entanto, essa capacidade é concedida pela facilidade de operar o sistema por meios ópticos, o que inevitavelmente reduz a sua eficácia.

O radar de pesquisa pode detectar os alvos a distâncias de máximas de 25km e atingi-los a distâncias de até 12km.
Quando comparado com os sistemas de curto alcance equivalentes do ocidente, ele é considerado mais eficaz que por exemplo o Crotale francês.

O Tor-M1 é um sistema autónomo, mas independentemente disso é possível efectuar a junção de vários sistemas lançadores, num sistema integrado de defesa aérea .

Nota: Os mísseis do sistema Tor-M1 também são utilizados em versão naval, como mísseis de defesa aérea, estando instalados em navios da marinha russa. A versão naval do sistema de defesa é conhecida como SS-N-9.

Informação genérica:
O sistema de defesa antiaérea «Tor» ou Trovão, é um sistema móvel de defesa anti-aérea de curto alcance, destinado a proteger unidades blindadas durante a sua progressão no terreno.

Este tipo de sistemas foi desenvolvido para substituir os sistemas Sa-8 «Gecko» também de origem soviética.

A primeira versão do sistema Tor, conhecida como Tor.-M1 foi montada num chassis sobre lagartas, pois ele deveria servir para acompanhar a evolução das unidades blindadas soviéticas num ataque à Europa Ocidental. Por isso, a mobilidade do sistema precisava ser idêntica à dos carros de combate soviéticos como o T-72 e o T-80.

Mais recentemente, foi desenvolvida uma nova versão conhecida como Tor-M2. Trata-se de um sistema com as mesmas origems e com muitos sub sistemas comuns, embora com componentes modernizados nomeadamente ao nível dos sistemas de gestão de dados captados pelo radar.

Aproveitanto a existência de processadores muito mais rápidos, o software de gestão de alvos pode agora seguir simultaneamente até 48 alvos e pode disparar os seus mísseis simultaneamente contra quatro deles.