Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Veículo de Combate de Infantaria



Veículos idênticos ou relacionados:


BMP-1
Veículo de Combate de Infantaria

BRM-1
Veículo médio de reconhecimento

BMP-2
Veículo de Combate de Infantaria

BMP-3
Veículo de Combate de Infantaria

2S31 «Vena»
Morteiro autopropulsado

BMP-M2
Veículo de Combate de Infantaria

 

Notícias relacionadas
Invasão da Geórgia: Bush apela à contenção e envia apoio humanitário
Industria ucraniana tenta responder às necessidades

BMP-2
Veículo de Combate de Infantaria (Kurganmashzavod)
BMP-2

Projeto: Kurganmashzavod
Russia
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
7.14
n/disponivel
3.15m
2.3M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
12t
14.3t
N/disponivel
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
UTD-20 6cyl.
300cv
65 Km/h
35 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Lagartas
462 Litros
600Km
2+6
60º
30º
Anfíbio
2.5M
0.7M

Armamento básico
- 1 x 30mm 2A42 (Calibre: 30mm - Alcance estimado de 0.2Km a 4Km)
Sistema de radar auxiliar:


Forum de discussão

Embora o BMP-1 tivesse sido um enorme salto em frente para a infantaria soviética, dando-lhe um veículo de combate que melhorava enormemente a sua mobilidade protecção e capacidade de fogo, tinha dois defeitos principais.

O primeiro era a pouca visibilidade do comandante que seguia sentado atrás do condutor numa posição recuada. O outro problema, era o canhão de 73mm que se demonstrou ser muito impreciso e por isso de pouca utilidade.

O BMP-2 resolveu estes problemas, pois o condutor segue à frente à esquerda e o lugar que pertencia ao comandante passou a ser ocupado por um infante. O motor continua à frente do lado direito e o comandante passou para a torre, tendo muito melhor visão.

O BMP-2, tal como o BMP-1 é completamente anfíbio e pode ser equipado com sistemas de visão nocturna
O canhão de 30mm, é muito mais preciso e tem capacidade para utilizar munição perfurante, com a qual é possível derrotar qualquer veículo blindado desde que não se trate de um carro de combate principal.

Para esse tipo de alvo, foi colocado na torre um lançador de misseis anti-tanque AT-5 «Spandrel»

Informação genérica:
Os veículos BMP, constituem uma familia de veículos blindados de combate de infantaria de origem soviética / russa.

O primeiro BMP foi uma novidade absoluta nas unidades soviéticas que até aos anos 60 se deslocavam essencialmente em camiões até aos objectivos, para depois desempenhar a sua função a pé.

Com os veículos BMP,. Pretendia-se que a infantaria lutasse a partir do veículo, que incluía seteiras. Esse conceito foi aceite também no ocidente. No entanto a ideia de disparar de dentro do veículo, com um reduzido ângulo de visão acabou por se mostrar pouco útil.

Os veículos BMP são por um lado equivalentes soviéticos ao M-113 americano como transporte de tropas, mas com a agregada capacidade para operar como veículo de combate que o M-113 não tinha.

O BMP-1 estava equipado com um canhão de baixa pressão de 73mm, enquanto que o BMP-3 opera um canhão de 30mm, defendendo-se de carros de combate pesados com o um lançador de mísseis Spandrel. O BMP-3 é a última versão produzida do veículo e está equipado com uma torre armada com um canhão de baixa pressão de 100mm montado juntamente com outro de 30mm.