Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Sistema de mísseis tácticos

Veículos idênticos ou relacionados:


SS-23 «Spider»
Sistema de mísseis tácticos

 

SS-23 «Spider»
Sistema de mísseis tácticos (KBP-Shipunov)
SS-23 «Spider»

Projeto: KBP-Shipunov
Russia
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
11.8
n/disponivel
3.13m
3M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
24t
30t
N/disponivel
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
UTD-25
400cv
65 Km/h
10 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Oito rodas motrizes
N/disponível
700Km
Anfíbio
0M
0M

Misseis / foguetes de artilharia
Sistema de radar auxiliar:

País: Russia
Designação Local:OTR-23 «Oka»
Qtd: Máx:64 - Qtd. em serviço:0
Situação: Retirado
Operacionalidade:
O sistema SS-23 foi retirado de serviço no inicio dos anos 90. A Rússia destruiu oficialmente todos os sistemas que tinha construido. Existiram na altura dúvidas sobre se efectivamente todas as unidades tinham chegado a ser efectivamente destruidas.


Forum de discussão

O sistema SS-23 «Spider» foi desenvolvido como substituto do sistema de mísseis «Scud» que esteve ao serviço na União Soviética desde os anos 60.

Porém, o desenvolvimento do sistema foi muito lento e ele só entrou ao serviço no iniciodos anos 80. Além da União Soviética, vários outros países receberam este sistema, como foi o caso da antiga República Democrática Alemã, a Bulgária e a Checoslováquia.




A função do SS-23 continuou a ser desempenhada pelo sistema SS-21 menos capaz. Mais recentemente começou a ser introduzido o sistema SS-26 que está ainda em fase inicial de produção.

Informação genérica:
Veículo pesado anfíbio desenhado na União Soviética e especialmente pensado para permitir o acompanhamento de unidades móveis do exército soviético, durante a invasão da Europa Central.

A sua capacidade anfíbia foi especialmente pensada para permitir o avanço rápido por áreas com bastantes cursos de água e lagos que poderiam servir como entrave ao avanço das forças soviéticas.

Além de sistema de transporte e lançamento dos mísseis do sistema SS-23, o BAZ-6944 também foi utilizado como plataforma para a recarga do sistema de lançamento.