Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Morteiro autopropulsado



Veículos idênticos ou relacionados:


BMP-1
Veículo de Combate de Infantaria

BRM-1
Veículo médio de reconhecimento

BMP-2
Veículo de Combate de Infantaria

BMP-3
Veículo de Combate de Infantaria

2S31 «Vena»
Morteiro autopropulsado

BMP-M2
Veículo de Combate de Infantaria

 

2S31 «Vena»
Morteiro autopropulsado (Kurganmashzavod)
2S31 «Vena»

Projeto: Kurganmashzavod
Russia
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
6.75
7.4m
3.15m
0M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
16t
19.5t
N/disponivel
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
500cv
80 Km/h
40 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Lagartas
N/disponível
0Km
4
60º
30º
1.5M
2.5M
0.8M

Sistema de radar auxiliar:


Forum de discussão

Da mesma maneira que o modelo 2S9 «Nona» utiliza como plataforma a viatura BTR, o 2S31 «Vena» utiliza a mais recente plataforma do veículo de combate de infantaria BMP-3.

O seu desenvolvimento começou em 1996 na Rússia, aproveitando o desenvolvimento do BMP-3. O sistema pretende substituir morteiros rebocados do mesmo calibre e deverá estar ao serviço em batalhões equipados com o BMP-3.

Até ao momento o exército russo não adquiriu nenhuma unidade, pelo que ele se destina exclusivamente a exportação. Entre as razões que explicam a não utilização deste sistema, é a existência de quantidades consideraveis de viaturas 2S9 «Anona».

Informação genérica:
Os veículos BMP, constituem uma familia de veículos blindados de combate de infantaria de origem soviética / russa.

O primeiro BMP foi uma novidade absoluta nas unidades soviéticas que até aos anos 60 se deslocavam essencialmente em camiões até aos objectivos, para depois desempenhar a sua função a pé.

Com os veículos BMP,. Pretendia-se que a infantaria lutasse a partir do veículo, que incluía seteiras. Esse conceito foi aceite também no ocidente. No entanto a ideia de disparar de dentro do veículo, com um reduzido ângulo de visão acabou por se mostrar pouco útil.

Os veículos BMP são por um lado equivalentes soviéticos ao M-113 americano como transporte de tropas, mas com a agregada capacidade para operar como veículo de combate que o M-113 não tinha.

O BMP-1 estava equipado com um canhão de baixa pressão de 73mm, enquanto que o BMP-3 opera um canhão de 30mm, defendendo-se de carros de combate pesados com o um lançador de mísseis Spandrel. O BMP-3 é a última versão produzida do veículo e está equipado com uma torre armada com um canhão de baixa pressão de 100mm montado juntamente com outro de 30mm.