Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Viatura táctica média

Veículos idênticos ou relacionados:


SdKfz-8
Viatura táctica média

SdKfz-6
Viatura táctica média

SdKfz-11
Viatura táctica média

SdKfz-7
Viatura táctica média

SdKfz-9
Viatura táctica pesada

 

SdKfz-11
Viatura táctica média (Hanomag)
SdKfz-11

Projeto: Hanomag
Alemanha
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
5.48
n/disponivel
1.82m
1.62M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
6t
7.1t
1800Kg
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
Maybach HL-42 TRKM
100cv
53 Km/h
20 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Lagartas e rodas
110 Litros
240Km
2+6/7
0.75M
0M
0M

Sistema de radar auxiliar:


Forum de discussão

O mais leve de todos os veículos meia-lagarta especificamente produzidos para utilização militar como veículo de apoio, apareceu pela primeira vez em 1934 e foi inicialmente concebido pelas empresas Hansa-Lloyd e Goliath. As duas empresas mais tarde vão-se juntar para formar a Borgward AG, mas o contrato para o fornecimento será atribuido à Hanomag em Hannover no norte da Alemanha.

A produção em série começou em 1939 e a versão básica era destinada para utilização como tractor de artilharia, nomeadamente para as peças de calibres médios de 75mm e 105mm.
Mais tarde, com o aumento dos calibres das peças de artilharia anti-tanque, os SdKfz-11 também passaram a ser adoptados para rebocar canhões de 75mm como o PaK-40.

Com um motor de 100cv, o SdKfz-11 era mais pequeno e mais barato de produzir e mostrou ter tanta potência disponível quanto outros veículos do tipo.
É por essa razão que a produção do SdKfz-6, mais caro e menos eficiente, acabou por ser suspensa em 1941. O SdKfz-11 passou nessa altura a ser o principal tractor de artilharia para as unidades equipadas com a peça de 105mm de artilharia alemã, modelo LeFH-18.

Este veículo também podia rebocar os sistemas de lançadores de foguetes de artilharia do tipo Nebelwerfer.

O SdKfz-11 esteve am produção durante toda a II Guerra Mundial, tendo sido produzidas cerca de 9.000 unidades.




Por ter sido um dos veículos mais produzidos, o SdKfz-11 também teve várias versões adaptadas às necessidades. A principal modificação consistiu nos veículos de transporte de munições para os vários sistemas Nebelwerfer.

SdKfz-11/1 : Transporte de munições (foguetes) para o sistema Nebelwerfer 35 / 40.
SdKfz-11/2 : Unidade de descontaminação química.
SdKfz-11/3 : Unidade lançadora de gás (nunca utilizada)
SdKfz-11/4 : Transporte de munições (foguetes) para os sistema Nebelwerfer-41 (150mm).
SdKfz-11/5 : Transporte de munições (foguetes) para o sistema Nebelwerfer-42 (210mm).

Informação genérica:
Os veículos do tipo meia-lagarta utilizados pelo III Reich podem dividir-se em três tipos.

O primeiro tipo, corresponde aos veículos SdKfz-250 e SdKfz-251 que eram viaturas destinadas a transportar a infntaria, nomeadamente junto com os tanques, no que foi uma das principais vantagens das unidades blindadas alemãs durante a primeira fase da guerra.

O outro tipo, corresponde aos «Maultier» ou «Mula» que eram veículos comerciais em produção na Alemanha durante o final dos anos 30 e que foram adaptados depois de 1941 para responder às necessidades da frente leste.

O terceiro tipo de veículos meia-lagarta, são os tractores e veículos de transporte construidos propositadamente para funções militares, embora não estivessem destinados a prestar serviços nas primeiras linhas.

As designações destes veículos não seguiram uma ordem lógica, e destacam-se os seguintes modelos:

SdKfz-8 (1928) - Capacidade de reboque de 12 toneladas

SdKfz-7 (1933) Capacidade de reboque de 8 toneladas

SdKfz-11 (1934) - Capacidade de reboque de 3 toneladas

SdKfz-6 (1934) - Capacidade de reboque de 5 toneladas

SdKfz-9 (1936) - Capacidade de reboque de 18 toneladas.