Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Veículo médio de reconhecimento

Veículos idênticos ou relacionados:


VCR
Veículo Blindado Transporte Pessoal

ERC-90 F4 «Sagaie»
Veículo médio de reconhecimento

ERC-90 «Lynx»
Veículo médio de reconhecimento

 

ERC-90 F4 «Sagaie»
Veículo médio de reconhecimento (Panhard-Auverland)
ERC-90 F4 «Sagaie»

Projeto: Panhard-Auverland
França
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
5.098
7.69m
2.495m
2.25M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
7.2t
8.3t
N/disponivel
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
PRV-6
155cv
95 Km/h
30 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Seis rodas motrizes
242 Litros
700Km
3
60º
30º
Anfíbio
1.1M
0.8M

Armamento básico
- 1 x 90mm CN-90-F.4 L/52 (Calibre: 90mm - Alcance estimado de 0.5Km a 1.6Km)
Sistema de radar auxiliar:


Forum de discussão

Dois veículos blindados de reconhecimento foram construidos a partir do chassis base 6x6 da Panhard. O Sagaie é de todo esses veículo o melhor armado.

Ele está equipado com uma torre SAMM, armada com um canhão de 90mm capaz de disparar munição a alta velocidade. Por essa razão o ERC-90 «Sagaie» é algumas vezes referido como Caça-tanques. O ERC-90 pode dispor de estabilizador de tiro e tem capacidade para disparar em movimento.

Como é comum neste tipo de veículos, embora eles possam ter capacidade para perfurar a blindagem de alguns carros de combate modernos, eles não tem qualquer possibilidade de entrar num confronto directo.

Do ponto de vista táctico, eles têm apenas a possibilidade de disparar uma única vez, não tendo outra possibilidade que não seja aproveitar a sua alta mobilidade para fugir rapidamente.

Motor Mercedes nas versões mais recentes
Como o motor PRV (Peugeot-Renault-Volvo) já não se fabrica, estes veículos são presentemente oferecidos com um motor Mercedes-Benz


Panhard-ERC 90 SAGAIE-2
Mais recentemente foi lançada uma segunda versão deste modelo conhecida como ERC-90 «Sagaie-2». A principal diferença desse novo modelo está na torre SAMM-TTB-90 de maiores dimensões que permite acomodar um maior numero de munições, além de ter uma protecção superior.
O sistema motriz também foi modificado, utilizando dois motores Peugeot XD-35T, com uma potência conjunta de 196cv e uma velocidade máxima de 100km/h.
Na imagem: o Panhard com a torre de maiores dimensões.

Informação genérica:
No inicio dos anos 70 o exército francês emitiu uma especificação para uma familia de viaturas 4x4 e 6x6 para o exército e vários fabricantes apresentaram suas propostas.

A viaturas Panhard VCR (Veículo de Combate com Rodas) resultaram dessa proposta inicial. Como a proposta não teve sucesso em França, o fabricante decidiu mesmo assim desenvolver o veículo para o apresentar no mercado internacional.

A Panhard pretendia também desenvolver um sucessor do Panhard-AML que tinha constituido um sucesso de vendas tanto em França quanto no mercado de exportação.

Tratava-se de uma família inteira de viaturas blindadas sobre rodas. A sua mais distintiva característica, foi a aplicação de um conceito que foi herdado do Panhard-EBR que consiste na colocação da terceira roda numa posição elevada, o que permite que o veículo tenha o comprtamento de um 4x4 em estrada e de um 6x6 em terreno aberto.

As mais importantes foram as viaturas de reconhecimento sobre rodas :

Panhard-ERC «Sagaie» - Viatura 6x6 armada com canhão de 90mm de alta velocidade

Panhard-ERC «Lynx» - Viatura 6x6 armada com canhão de 90mm de baixa velocidade

Panhard-VCR - Linha de viaturas 6x6 de apoio e transporte de infantaria
- VCR/AT - Viatura de reparação e oficina
- VCR/AA - Viatura armada com canhões anti-aéreos
- VCR/TH - Viatura armada com mísseis anti-tanque «HOT»
- VCR/IS - Versão ambulância
- VCR/PC - Versão posto de comando
- VCR/TT - Viatura na versão 4x4 idêntica à versão base, diferindo apenas no numero de rodas.