Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Veículo Blindado Transporte Pessoal



Veículos idênticos ou relacionados:


Pbv-301
Veículo Blindado Transporte Pessoal

Pbv-302
Veículo Blindado Transporte Pessoal

Ikv-91
Caça-tanques

 

Pbv-301
Veículo Blindado Transporte Pessoal (Haglunds / BAE Systems)
Pbv-301

Projeto: Haglunds / BAE Systems
Suecia
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
4.66
n/disponivel
2.23m
2.64M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
9.5t
11.7t
N/disponivel
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
Scania-Vabis B44
160cv
45 Km/h
0 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Lagartas
N/disponível
0Km
2+8
N/disponivel
0M
0M

Sistema de radar auxiliar:


Forum de discussão

Os projectistas suecos, quando os carros de combate Strv-M/41 estavam claramente obsoletos, conceberam uma conversão que resultaria no Pbv-301, que se pode considerar um dos primeiros veículos blindados de transporte de pessoal modernos.

A ideia de converter os carros de combate Strv-M/41 - que foram a versão sueca do carro PzKpfw 38(t) - em veículos de transporte de pessoal teve lugar a partir de 1954, numa altura em que não havia sequer um pedido por parte do exército da Suécia, para um veículo blindado desse tipo.
A Scania desenvolvera um novo motor a gasolina de dimensões muito reduzidas, cuja instalação neste chassis era fácil tornando a conversão relativamente simples e deixando bastante espaço para o pessoal.

Duas empresas foram contratadas para apresentarem protótipos de tanques Strv/41 reconstruidos, mas a encomenda acabou sendo entregue à Haglunds (actual BAE Systems) que entregou os veículos convertidos ao exército sueco entre Janeiro de 1962 Abril de 1963.

A modificação principal, foi naturalmente a retirada da torre e a reconstrução da superestrutura, dando espaço para a criação de um compartimento traseiro onde se sentavam oito homens.
Importante também foi a inclusão de um canhão de 20mm montado no exterior, que permitia uma grande flexibilidade na utilização da viatura, permitindo mesmo fogo anti-aéreo.

A pequena torreta foi considerada tão eficiente, que os alemães adquiriram os direitos de produção para instalação na viatura Marder, desenvolvida nos anos 60 para o exército alemão.

Informação genérica:
Uma das primeiras viaturas blindadas de transporte de pessoal sobre lagartas, o Pbv-301 sueco é uma reconstrução do tanque Strv-M/41, versão sueca do tanque checo TNHP, construido posteriormente na Alemanha como PzKpfw 38(t).

Embora no final dos anos 30, a Suécia, com o fabricante Bofors, estivesse entre os países mais desenvolvidos no fabrico de armamento, a capacidade para produção de viaturas era reduzida. Isso levou a que as autoridades suecas optassem por adquirir um dos veículos blindados mais eficientes no final dos anos 30, o tanque ligeiro checoslovaco TNHP fabricado pela CKD-Tatra, tendo sido encomendados 90 exemplares.

No entanto, a Suécia conseguiu autorização da Alemanha para fabricar o veículo sob licença. Com base nessa licença são construidos 220 exemplares do carro de combate designado Strv-M/41. Foram produzidas duas derivações, a S-I e a S-II, com blindagem melhorada.
As viaturas foram produzidas pela industria sueca Scania.

Mais tarde, quando os carros de combate Strv M/41 estavam obsoletos, foi iniciado um programa de conversão, destinado a transforma-los em viaturas de transporte de pessoal Pbv-301.

Após esta conversão, a industria sueca iniciou um programa de desenvolvimento de uma viatura de transporte de pessoal de maiores dimensões mas aproveitando basicamente o mesmo layout do anterior Pbv-301. O novo veículo foi designado Pbv-302, foi lançado nos anos 60 e tem características comparáveis ao modelo norte-americano M113, embora este último seja de construção em aluminio e não em aço.

Os veículos com origem no Pbv-301 foram preteridos em favor de uma nova família de viaturas blindadas, cujo sistema mais conhecido é o CV-9040.