Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Veículo Blindado Transporte Pessoal



Veículos idênticos ou relacionados:


VAB 4x4
Veículo Blindado Transporte Pessoal

VAB 6x6
Veículo Blindado Transporte Pessoal

VBC-90
Veículo médio de reconhecimento

VAB Mk. III
Veículo Blindado Transporte Pessoal

 

VAB Mk. III
Veículo Blindado Transporte Pessoal (Renault Trucks)
VAB Mk. III

Projeto: Renault Trucks
França
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
6.7
n/disponivel
2.5m
2.2M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
18t
20t
N/disponivel
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
Renault
320cv
105 Km/h
50 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Seis rodas motrizes
N/disponível
0Km
1+2+7
Anfíbio
0.95M
0.5M

Armamento básico
- 1 x 25mm M242 / Mk.38 «Bushmaster» (Calibre: 25mm - Alcance estimado de 3Km a 6.8Km)
Sistema de radar auxiliar:


Forum de discussão

Apresentada na Eurosatory de 2012 esta viatura aparece como substituta das anteriores VAB ao serviço dos militares franceses, nomeadamente no Afeganistão. A viatura é anfíbia, algo que não acontecia com o modelo anterior VAB «Ultima» e é propelida por hidrojatos.

O VAB continua sendo promovido, agora na sua versão Mk.III como potêncial substituto para viaturas do tipo M113 americanas ou BTR70/80 russas.
O VAB Mk.III foi apresentado com uma torre equipada com um canhão de 25mm, e o fabricante assegura que a viatura é completamente anfíbia.

Embora aparentado com o VAM Mk.II que foi apresentado em 2010 a versão Mk.III apresenta várias diferenças que o distinguem.

Como no anterior Mk.II o VAB Mk.III está equipado com tanques de combustível que se projetam na traseira do veículo. Estes tanques de combustível alteram as linhas da viatura e estão colocados numa posição onde não afetam o resto do veículo caso sejam atingidos.
Esta solução foi pela primeira vez desenvolvida no M113 Mk.II na década de 1980. O motor está à frente do lado esquerdo, como no anterior VAB, mas foram feitas modificações para permitir um acesso rápida ao motor que pode ser removido em uma hora.

Esta necessidade de remover o motor para manutenção, é resultado da experiência francesa no Afeganistão, onde as condiçoes do clima mostraram ser inclementes para com os veículos.

Ao contrário do Mk.II e das restantes viaturas da família VAB, o modelo Mk.III tem uma rampa traseira e não duas portas. Este arranjo é mais prático e facilita a entrada e saída dos militares de e para dentro do veículo.

O VAM Mk.III foi apresentado com uma torre TRT-25 da BaE Systems, armada com um canhão de 25mm Bushmaster, mas ele pode naturalmente ser fornecido sem esse tipo de armamento, ou com torres controladas desde o interior, com armas de 7.62, 12.7, 20 ou 30mm.

Também como é norma nestes veículos o VAB Mk.III pode receber blindagem modular. Isto implica que o peso da viatura pode mudar muito consoante a configuração da proteção. É no entanto claro que o limite está estabelecido para a especificação STANAG-4.

O VAB Mk.III pode ser transportado em aeronaves do tipe C-130 ou Airbus A400.


Na imagem abaixo, detalhe da traseira do VAB Mark III.
Notar os depósitos de combustivel, a porta traseira e o arranjo da suspensão, com as duas rodas traseiras juntas.




Informação genérica:
As viaturas blindadas ligeiras VAB, resultaram da escolha da proposta da Renault no inicio dos anos 70 para o fornecimento ao exército francês de uma família de viaturas blindadas de transporte de pessoal, na configuração 4x4 e 6x6, para a função de «Vehicule de l´avant Blindé»

Inicialmente o veículo foi produzido pela divisão de viaturas pesadas SAVIEM, que pertencia à Renault e depois os direitos acabaram sendo passados para a GIAT, hoje NEXTER.

Os veículos na versão 4x4 foram os primeiros a ser entregues na fábrica de Saint Chamond por volta de 1975. Mais de 6,000 viaturas VAB foram já construidas.

Como é normal neste tipo de viaturas, foram construidas várias versões para os mais distintos fins.

- Viatura de Combate de Infantaria (com canhões de 20mm ou 25mm)

Echelon - Viatura de recuperação e oficina
VCAC/HOT - Viatura armada com mísseis anti-tanque
VCAC/MILAN - idem
VAB/TOW - idem
BROMURE - Viatura de guerra electrónica
VMO - Viatura de policiamento e segurança interna
VTM-120 - Reboque de morteiro de 120mm
VPM-81 - Porta morteiro de 81mm
VAB/Mistral - Viatura de defesa anti-aérea

Existem ainda versões como Viatura de comando, comunicações e de defesa anti-aérea com canhões de 20mm.

A viatura VAB 6x6 foi estudada para acomodar uma torre armada com canhão de 90mm.

Além das versões 4x4 e 6x6, o modelo VAB também esteve na origem da viatura VBC-90, uma viatura de reconhecimento armada com canhão de 90mm.

VAB Mk.II
Apresentado em 2010 o Mk.II é a última derivação da viatura francesa.

VAB Mk.III
Apresentado em 2012 o Mk.III apresenta várias modificações quanto ao sistema motriz, além de uma configuração diferente da blindagem, janelas e motor.
Ele pode na verdade ser considerado um novo veículo.

EBRC / VBMR
Esta viatura deverá cumprir com as especificações EBRC e VBMR emitidas pelo exército francês e destinadas a escolher uma nova família de viaturas blindadas ligeiras que deverão estar ao serviço em 2025.

EBRC - Engin Blindé de Reconnaissance et Combat ou Viatura Blindada de Reconhecimento e Combate.
Trata-se de uma viatura blindada sobre rodas, com capacidade para se afastar rapidamente de potênciais ameaças superiores, ao mesmo tempo que terá alguma capacidade para as defrontar em caso de necessidade.
Este programa destina-se essencialmente a subsitituir viaturas como o AMX-10RC.

VBMR - Veicule Blindé Multi-rôle
Trata-se de uma viatura blindada, sobre rodas, com capacidade para multiplas utilizações, desde viatura ambulância a viatura de engenharia ou transporte blindado de infantaria.
Este programa destina-se essencialmente a substituir viaturas como as VAB.


STANAG-IV
Este veículo tem ou pode ter protecção de blindagem compatível com a especificação STANAG-4569 Nível 4
A especificação STANAG-4 implica protecção contra a seguintes ameaças:
-Capacidade para resistir a um disparo de metralhadora pesada a 30 metros de distância utilizando munição de calibre 14.5AP / B32 (perfurante) e considerando uma velocidade do projectil de 911m/s (disparo de qualquer ângulo e elevação inferior a 30º).
-Capacidade para resistir a disparo de canhão de calibre 20mm a 25 metros , com velocidade do projectil de 960m/s (disparo de qualquer ângulo e com elevação de 0 a 90º)