Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Veículo de Combate de Infantaria



Veículos idênticos ou relacionados:


BMP-1
Veículo de Combate de Infantaria

BRM-1
Veículo médio de reconhecimento

BMP-2
Veículo de Combate de Infantaria

BMP-3
Veículo de Combate de Infantaria

2S31 «Vena»
Morteiro autopropulsado

BMP-M2
Veículo de Combate de Infantaria

 

BMP-M2
Veículo de Combate de Infantaria (Excalibur)
BMP-M2

Projeto: Excalibur
Republica Checa
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
7
n/disponivel
3.2m
2.9M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
16t
18t
N/disponivel
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
Mercedes-Benz OM501
408cv
65 Km/h
30 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Lagartas
N/disponível
550Km
3+6
60º
30º
1.2M
2.5M
0.7M

Armamento básico
- 1 x 30mm Mk.44 «Bushmaster» (Calibre: 30mm - Alcance estimado de 0.3Km a 2.5Km)
Sistema de radar auxiliar:


Forum de discussão

Na década de 1970 a industria militar da Checoslováquia era uma das mais desenvolvidas da Europa de Leste. O BVP, é a versão checoslovaca da viatura de combate de infantaria soviética BMP-1, modificada para corresponder às especificações locais e permitindo a incorporação de soluções fabricadas localmente.

Embora vários países do antigo Pacto de Varsóvia tenham optado por adquirir equipamentos da fabricantes já estabelecidos na Europa Ocidental, outros optaram por manter algumas das suas industrias militares, garantindo alguma capacidade para produzir equipamentos militares localmente.

A viatura BMP-M2 «Excalibur» tem por base a viatura de projeto soviético BMP-1-BMP-2 mas passou por um processo geral de revisão e modernização, destinado a tentar resolver muitos dos problemas que ao longo dos anos foram identificados no BMP-1 e BMP-2 originais.

No entanto, o aumento da blindagem, fez a nova viatura perder uma característica importante: A capacidade anfíbia. O BMP-M2 «Excalibur» não pode atravessar lagos como a viatura que lhe deu origem.

BVP-M2

Embora tenha sido desenvolvido o kit de modernização BMP-M2, continua a ser comercializado o BVP-M2, que é uma modernização bastante menos radical e muito mais barata.
Esta versão mantém a capacidade anfíbia, mas ainda que seja mais protegida que a viatura BMP-2, não oferece o tipo de proteção do seu irmão maior.


Informação genérica:
Os veículos BMP, constituem uma familia de veículos blindados de combate de infantaria de origem soviética / russa.

O primeiro BMP foi uma novidade absoluta nas unidades soviéticas que até aos anos 60 se deslocavam essencialmente em camiões até aos objectivos, para depois desempenhar a sua função a pé.

Com os veículos BMP,. Pretendia-se que a infantaria lutasse a partir do veículo, que incluía seteiras. Esse conceito foi aceite também no ocidente. No entanto a ideia de disparar de dentro do veículo, com um reduzido ângulo de visão acabou por se mostrar pouco útil.

Os veículos BMP são por um lado equivalentes soviéticos ao M-113 americano como transporte de tropas, mas com a agregada capacidade para operar como veículo de combate que o M-113 não tinha.

O BMP-1 estava equipado com um canhão de baixa pressão de 73mm, enquanto que o BMP-3 opera um canhão de 30mm, defendendo-se de carros de combate pesados com o um lançador de mísseis Spandrel. O BMP-3 é a última versão produzida do veículo e está equipado com uma torre armada com um canhão de baixa pressão de 100mm montado juntamente com outro de 30mm.