Navios deste tipo:

Austin
LPD - Plataforma aterragem/Doca
Jalashwa
LPD - Plataforma aterragem/Doca

Listar navios do tipo
LPD - Plataforma aterragem/Doca


India
LPD - Plataforma aterragem/Doca classe
Jalashwa
(tipo Austin)
Austin

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 9130 Ton
Deslocamento máx. : 17244 Ton.
Tipo de propulsão: Turbina a Gás
Comprimento: 173.8 M - Largura: 30.5M
Calado: 7 M.
2 x Caldeiras (oleo) Foster Wheeler (0)
2 x Turbina a vapor De Laval (24000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 420 Autonomia: 12000Km a 20 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 21 nós


Forum de discussão

O INS Jalashwa, foi adquirido pela marinha da Índia a marinha norte-americana, onde esteve ao serviço como USS Trenton.

O navio foi incorporado em Junho de 2007 e é o primeiro navio do tipo LPD a ser incorporado na marinha da Índia e representou um grande aumento na capacidade indiana de projecção de força por via marítima. O Jalashwa é o segundo maior navio da marinha da Índia a seguir ao porta-aviões Viraat.

Na configuração que o navio sofreu, ele pode transportar 968 militares, veículos blindados de transporte e helicópteros ligeiros.
Uma das razões da incorporação deste navio, teve a ver com a análise feita pela marinha indiana sobre as suas necessidades e capacidade de apoiar populações a partir do mar, e que tiveram como base de estudo o Tsunami que ocorreu no Índico em Dezembro de 2004.

No entanto, após ter entrado ao serviço, a marinha da India parece ter considerado a possibiliade de adaptar este tipo de navio para responder às suas crescentes pretensões no Indico. Como resultado disso a India demonstrou interesse em adquirir os quatro navios deste tipo que ainda estavam ao serviço em 2010.


Informação genérica:
Os navios do tipo Austin, são LPD (Landing Platform Dock) construidos nos Estados unidos a partir de 1965.

O primeiro da classe foi o «USS Austin», e com este tipo de navio a marinha dos Estados Unidos pretendia somar as características dos navios de desembarque típicos, que permitem desembarcar forças através do desembarque numa prais, com a possibilidade de efectuar operações combinadas que também recorressem a helicópteros.

Os navios foram construídos a partir de 1965 e a classe foi completada em 1971, continuando ao serviço da marinha norte-americana já durante o século XXI esó deverão ser completamente retirados, à medida que forem entrando ao serviço os navios da classe conhecidos como LPD-17. Eles são uma versão aumentada da classe Raleigh.

Faz parte deste grupo de navios o INS Jalashwa da marinha da Índia, transferido em 2007.


   
---