Navios deste tipo:

Churchill
Submarino nuclear de ataque

Listar navios do tipo
Submarino nuclear de ataque

Acontecimentos relacionados
Afundamento do General Belgrano



Reino Unido
Submarino nuclear de ataque classe
Churchill
(tipo Valiant / Dreadnought / Churchil)
Valiant / Dreadnought / Churchil

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 3500 Ton
Deslocamento máx. : 4800 Ton.
Tipo de propulsão: Reactor nuclear
Comprimento: 86.9 M - Largura: 10.1M
Calado: 8.2 M.
Profundidade: 350 M
Numero de tubos: 6
1 x Reactor nuclear Rolls Royce - Westinghouse (0)
2 x Turbina a vapor English Electric (20000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 103 Autonomia: 999999Km a 28 nós - Nr. Eixos: 1 - Velocidade Máxima: 28 nós

Misseis
Sistema de lançamento N/DHarpoon UGM 8412 x Boeing Harpoon UGM 84 (Anti-navio)

Torpedos

Radares
- Sperry-Marine Bridgemaster / Type 1008 (Navegação - Al.med: 38Km)


Forum de discussão

Os submarinos da classe Churchill, distinguem-se entre outros navios britânicos, por um dos três navios da classe, o HMS Conqueror ter sido o primeiro submarino nuclear da história a ser utilizado numa operação de guerra.
Essa operação foi o afundamento do cruzador ligeiro «General Belgrano» da marinha da Argentina, durante as operação de recuperação das ilhas Malvinas levadas a cabo pelos britânicos em 1982.

Os navios da classe Churchill, foram a terceira classe de submarinos nucleares da Grã Bretanha e representaram um modificação da anterior classe Valiant, que por sua vez era uma derivação da clase Dreadnought (o primeiro dos submarinos britânicos movidos a energia nuclear).



Tratando-se de um submarino de propulsão nuclear não existem dados sobre a autonomia. Ela é no entanto limitada pelas provisões para a tripulação. Considera-se que é possível a um submarino circumnavegar o planeta sem ter necessidade de reabastecimento.
Informação genérica:
Desde que a Grã Bretanha começou a desenvolver a aplicação de energia nuclear em navios, que os submarinos foram a arma de eleição para utilizar este tipo de sistema de motorização.

Além de desenvolver submarinos nucleares destinados a transportar mísseis balísticos, foram também desenvolvidos submarinos destinados a operações de ataque e escolta.

As primeiras classes de submarinos nucleares britânicos, transportavam por isso torpedos, destinados a atacar outros submarinos e, quando ficaram disponíveis, mísseis anti-navio.


   
---