Listar navios do tipo
Corveta


Russia
Corveta classe
Stereguschiy (20380)

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 1900 Ton
Deslocamento máx. : 2100 Ton.
Tipo de propulsão: CODOG - Turbina a gás ou motor a Diesel
Comprimento: 105 M - Largura: 13M
Calado: 4 M.
2 x Motor a Diesel - (7300cv/hp)
2 x Turbina a Gás - (20000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 120 Autonomia: 7200Km a 14 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 27 nós

Canhões / armamento principal
1 x Soviet State Factories 100mm L/70 AK-190 (Calibre: 100mm/Alcance: 20Km)
2 x Tulamash Zavod 30mm Kashtan (Calibre: 30mm/Alcance: 4Km)

Misseis
Sistema de lançamento N/DSS-N-25 / Kh-35 «Uran»8 x Soviet State Factories SS-N-25 / Kh-35 «Uran» (Anti-navio)

Radares
- NIIP-Tikomirov MR710 Fregat «Top Plate» (Combinado Aerea/superficie - Al.med: 157Km)


Forum de discussão

O primeiro navio de superficie de dimensão média a ser desenvolvido na Rússia após o fim da União Soviética, os Steregusiyparecem ter como objectivo subsitutir algumas das fragatas Grisha ainda existentes. É conhecido na Russia como projecto 20380.

As Stereguschiy são no entanto muito maiores que os navios que em principio vão subsituir pois as corvetas Grisha, são navios com um deslocamento máximo de 1200 toneladas.
Existem em serviço cerca de duas dezenas de corvetas Grisha.

Este tipo de corveta foi proposto para exportação.

A característica mais distintiva deste novo tipo de corveta, são as suas características «Stealth» destinadas a reduzir a sua assinatura em radares de navios inimigos. Foi também introduzida uma versão «Stealth» do canhão AK-190 completamente redesenhada.

Espera-se que sejam construidas quatro unidades iniciais. Estava prevista a entrada ao serviço da segunda corvete desta classe em 2009, no entanto o programa parece ter soofrido atrasos repetidos, pois o navio apenas foi lançado à água em Maio de 2010.

A Sobrazitelniy dispõe de um sistema de lançamento vertical de mísseis e é conhecida como projecto 20381.

Em 2008 foi anunciada a intenção de adquirir mais oito navios deste tipo, com algumas modificações, que ficarão conhecidos como projecto 20385.
Esta última derivação possui sistema de lançamento vertical de mísseis anti-aéreos e de mísseis anti-navio.

No entanto, e embora vários navios tenham sido começados, foram surgindo vários problemas com o projeto, que levaram as autoridades russas a analisar o projeto com mais pormenor.

Uma nova série foi entretanto lançada (série 20385 ou Gremyashchy), mas aparentemente em Março de 2013 o comando da marinha da Russia considerou que os navios eram inadequados para as missões para que tinham sido concebidos.
Por causa do cancelamento, apenas um dos três navios da sére 20385 recebeu fundos para se completar.

O principal problema dos navios da classe, segundo as autoridades da marinha russa, foi o enorme custo estimado para os navios.
Ao tentar colocar em navios de dimensões relativamente reduzidas um grande número de sistemas, as Steregushiy / Greyashchy chegaram a um preço estimado entre 15000 a 20000 milhões de Rublos (entre 450 e 586 milhões de dolares americanos) por unidade, um preço considerado estratosférico pelos russos, para um navio com um deslocamento pouco superior a 2000t.


Informação genérica:


   
---