Navios deste tipo:

Freedom
Patrulha costeiro

Listar navios do tipo
Patrulha costeiro


Estados Unidos da América
Patrulha costeiro classe
Freedom
(tipo LCS)
LCS

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 2800 Ton
Deslocamento máx. : 3000 Ton.
Tipo de propulsão: CODOG - Turbina a gás ou motor a Diesel
Comprimento: 115.3 M - Largura: 17.5M
Calado: 3.7 M.
2 x Motor a Diesel Colt-Pielstick (0)
2 x Turbina a Gás Rolls Royce MT30 (48276cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 40 Autonomia: 7700Km a 20 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 50 nós

Canhões / armamento principal
1 x Bofors / BAE Systems 57mm L/70 Mk-3/Mk-110 (Calibre: 57mm/Alcance: 17Km)

Misseis
Sistema de lançamento Mk.49 RAMRIM 116 Rolling Airframe Missile1 x Raytheon Systems RIM 116 Rolling Airframe Missile (Defesa Anti-Aérea)


Forum de discussão

A classe «Freedom» é um dos navios saídos do projecto LCS «Navio de Combate Litoral» com que os Estados Unidos pretendem estabelecer o dominio das áreas litorais, onde operarem as suas forças militares. O «Freedom» pode atingir uma velocidade máxima superior a 50 nós, permitida por duas turbinas a gás.

Embora se trate de um navio costeiro, que inicialmente estava previsto para um deslocamento inferior a 600 toneladas, o conceito evoluiu até transformar o LCS num navio da dimensão de uma fragata. A provisão de mantimentos é para 21 dias.

Os navios estarão equipados com armamentos recentes. Um canhão de 57mm, um sistema de defesa contra mísseis e aeronaves, e equipamentos para guerra de minas, que utilizam veículos anfíbios não tripulados.

A capacidade de ataque dos navios, será complementada por tubos lançadores, armados com o míssil PAM, um míssil destinado a atacar alvos em terra, com grande precisão a distâncias de aproximadamente 40km. Este tipo de míssil será a principal arma de apoio terrestre dos navios da classe.

O Freedom também terá capacidade para transportar dois helicópteros do tipo SH-60, além de helicópteros não tripulados.

Os navios estarão sempre em contacto com outros navios, e como ocorre com outros navios, eles farão parte de um sistema integrado de combate, permitindo a partilha de dados entre todos os navios. Os LCS são navios de custos menores que poderão aproximar-se de áreas costeiras onde um navio de maiores dimensões não só seria mais facil de atingir como correria mais riscos de ser detectado.


Informação genérica:
LCS são as iniciais de «Littoral Combat Ship», ou Navio de Combate Litoral.

O programa foi iniciado tendo em consideração que se aproximava o fim de vida das fragatas do tipo Oliver Hazard Perry e tendo em vista a necessidade de um navio capaz de operar em águas litorais.

Esta capacidade, implica a necessidade de operar nessas águas e de domina-las militarmente. Com esse objectivo em mente, foram aceites para desenvolvimento dois projectos muito diferentes entre si, os quais vão competir para conseguir a aprovação do seu projecto.

Depois de tomada uma decisão, um dos dois projectos de LCS passará à fase de produção.

Os navios do tipo LCS são portanto dois:

Projecto da Lockeed Martin.
Este é o projecto mais convencional dos dois. Trata-se de um casco convencional com linhas especialmente desenhadas para reduzir a assinatura radar.
O projecto da Lockeed Martin, cuja primeira unidade se vai chamar USS Liberty, tem no entanto um casco em aço com um desenho destinado a permitir uma velocidade elevada, que pode ultrapassar os 50 nós (mais de 90km/h) com o navio leve. Trata-se de uma velocidade superior à de muitas lanchas rápidas de desporto.
O «Freedom» terá uma guarnição base de apenas 15 a 40 elementos que será aumentada conforme o tipo de missão que o navio desempenhar, até um total de 75.


Projecto da General Dynamics
Já o projecto da General Dynamics, é um projecto muito mais radical de LCS. Trata-se de um casco trimarã. Ele é mais longo (130m) e bastamte mais largo que o projecto concorrente, não atingindo porém a mesma velocidade. Como o projecto da Lockeed, o projecto da General Dynamics terá capacidade para suportar uma guarnição de 75 pessoas.


   
---