Navios deste tipo:

Nevada
Couraçado «Super-Dreadnought»
Pennsylvania
Couraçado «Super-Dreadnought»

Listar navios do tipo
Couraçado «Super-Dreadnought»


Estados Unidos da América
Couraçado «Super-Dreadnought» classe
Nevada
(tipo Nevada / Pensylvania)
Nevada / Pensylvania

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 29535 Ton
Deslocamento máx. : 34544 Ton.
Tipo de propulsão: Turbina a vapor
Comprimento: 177.7 M - Largura: 32.9M
Calado: 9 M.
6 x Caldeiras (oleo) Bureau Express (0)
2 x Turbina a vapor Parsons (25000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 1301 Autonomia: 14000Km a 20 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 20.5 nós

Canhões / armamento principal
10 x US Naval Gun Factory 356mm/45 Mk8-Mk12 (US) (Calibre: 356mm/Alcance: 33Km)


Forum de discussão

Os navios da classe Nevada, lançados em 1912, foram os primeiros couraçados do mundo a utilizar um conceito de blindagem conhecido como tudo-ou-nada, que implicava colocar uma forte blindagem à volta dos pontos mais importantes do navio, deixando outras áreas com um mínimo de blindagem.

Para manter um navio com dez canhões de 356mm, mas reduzindo o numero de torres, o couraçado foi projectado com duas torres triplas e duas torres duplas.

Os navios foram construidos com algumas diferenças entre si, pois enquanto o Nevada foi construido com propulsão por turbinas a vapor, o seu irmão Oklahoma recebeu o mesmo tipo de propulsão que tinha sido colocado nos couraçados da classe New York (máquinas a vapor alternadas).

Eles continuaram ao serviço durante os anos 20 e entre 1927 e 1929 foram como muitos outros navios norte-americanos, submetidos a uma modernização que incluiu a colocação de novos mastros em tripé com novos sistemas de direcção de tiro e o aumento da blindagem lateral, com saliâncias anti-torpedos.

As torres e os canhões foram modificados para permitir a sua elevação dos tradicionais 15º para 30º e foram colocados mais canhões anti-aéreos e duas catapultas para a utilização de aeronaves de observação.

Pearl Harbour
Os dois navios estavam com a frota americana do Pacífico quando em 1941 a base de Pearl Harbour foi atacada pelos japoneses.

O Nevada foi foi atingido por um torpedo lançado por aviões japoneses e por quatro bombas. Afundou em águas rasas mas foi reerguido e enviado para o estaleiro de Puget Sound na California, onde foi reconstruido.
Já o Oklahoma, foi atingido por quatro torpedos e adernou. O navio chegou a ser reerguido em 1943, mas não chegou a ser reparado.

O couraçado Nevada em Dezembro de 1941, depois do ataque japonês.

O Nevada voltou ao serviço em 1943, com nova uma aparência. Os canhões antiaéreos foram substituidos por oito torres duplas de 127mm, a que se juntaram 36 canhões de 40mm e 38 canhões de 20mm.

O Nevada serviu como navio de escolta no Atlântico e esteve em 1944 na Normandia e também apoiou desembarques no sul de França. Depois destas acções foi enviado para o Pacífico, onde foi utilizado para apoiar os desembarques em Okinawa e Iwo Jima.

O navio foi abatido e utilizado como alvo experimental num teste com armas atómicas.

Acima o couraçado Nevada como era durante a Primeira Guerra Mundial e antes da sua primeira modernização. A foto no topo mostra o mesmo navio em 1945.


Acima, o couraçado Nevada depois da sua primeira modernização no inicio dos anos 30. Esta era a configuração que os navios tinham quando foram atacados em Pearl Harbour em 1941.


Informação genérica:
Os navios da classe Nevada e da classe Pensylvannia são os navios do tipo «Super Dreadnought» da marinha dos Estados Unidos, que foram lançados ainda antes do inicio da I Guerra Mundial.

As duas classes são similares na medida em que optam por remover as torres a meia-nau, mantendo apenas duas torres à proa e duas torres à popa.

Mas enquanto os dois Nevada têm duas torres triplas e duas torres duplas (dez canhões de 356mm), os dois Pennsylvania foram equipados com quatro torres triplas, totalizando doze canhões de 356mm.

Essa diferênça ajuda a explicar o facto de os dois Pennsylvania deslocarem mais 2500 toneladas.

Os quatro navios foram submetidos a programas idênticos de modernização e estavam os quatro em Pearl Harbour em Dezembro de 1941.


   
---