Navios deste tipo:

Kaiser
Couraçado «tipo Dreadnought»
Konig
Couraçado «tipo Dreadnought»

Listar navios do tipo
Couraçado «tipo Dreadnought»


Império Alemão
Couraçado «tipo Dreadnought» classe
Konig
(tipo Kaiser/Konig)
Kaiser/Konig

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 25595 Ton
Deslocamento máx. : 28380 Ton.
Tipo de propulsão: Turbina a vapor
Comprimento: 175.4 M - Largura: 29.5M
Calado: 9.1 M.
3 x Turbinas acopladas Parsons / AEG / Bergmann (0)
15 x Caldeiras (carvão) Schults-Thornycroft (31000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 0 Autonomia: 0Km a 0 nós - Nr. Eixos: 3 - Velocidade Máxima: 21 nós

Canhões / armamento principal
10 x Krupp 305mm SK L/50 (g) M.1910 (Calibre: 305mm/Alcance: 20.4Km)
14 x Krupp 150mm SK L/45 C13 m.1908 (Calibre: 150mm/Alcance: 18Km)


Forum de discussão

Os couraçados da classe Konig foram a resposta da Alemanha à construção pelos britânicos dos couraçados da classe Orion, que estavam armados com dez canhões de 343mm, dispostos em linha e abandonando o conceito já ultrapassado das torres colocadas a meia-nau nos bordos do navio.

Os Konig, são na realidade um melhoramento directo dos navio da classe Kaiser, e seguiam o conceito mais moderno de colocação das torres todas no centro do navio, e em linha, aproveitando para sobrepor os canhões da segunda torre de proa (torre B) e segunda torre de popa (torre X), sobre (respectivamente) a primeira torre de proa (torre A) e segunda torre de popa (torre Z).

Desta forma poupava-se espaço e era possivel colocar as torres numa configuração mais compacta, poupando na blindagem.

Os alemães tentaram incluir neste navio motores Diesel no eixo central, mas os problemas tecnológicos com esta tecnologia mostraram que a solução não era anda viável e optou-se pela solução das turbinas a vapor para todos os eixos.

Armamento de calibre inferior
Os alemães consideravam que os seus canhões navais eram superiores aos britânicos e insistiam no facto de embora com menor calibre a sua artilharia conseguir equiparar-se à britânica. Por isso, os couraçados alemães com canhões de 280mm (11 polegadas) são equiparados aos couraçados britânicos com canhões de 305mm (12 polegadas).

Mas quando os britânicos e os norte-americanos optaram por calibres maiores (343mm e 356mm) era evidente que os canhões alemães de 280mm não eram suficientemente poderosos.
Por esta razão os alemães decidiram instalar canhões de 305mm nestes navios e começaram a considerar este calibre como standard.




O Konig, esteve envolvido numa operação contra a esqudra russa, em que destruiu o couraçado russo Slava, o último sobrevivente dos pré-Dreadnought da classe Borodino.
Informação genérica:
Os navios das classes Kaiser e Konig, constituem-se em duas classes separadas embora uma delas seja na prática o desenvolvimento e melhoramento da classe anterior, mantendo o mesmo armamento principal e configuração.

Comparação entre a classe Kaiser no topo da imagem e a classe Konig na imagem de baixo.
No Kaiser, as torres centrais estão escalonadas (nos bordos do navio). Já no Konig, que é considerado uma modernização, as torres estão todas ao centro.
Quando os alemães construíram os seus primeiros couraçados monocalibre (12 canhões de 280mm) lançaram-se na perseguição da Royal Navy com o objectivo de se transformarem na maior potência naval europeia.
Os britânicos responderam com navios maiores e com armamento mais poderoso.

Embora os alemães considerassem que os seus canhões de 280mm que equipavam os couraçados da classe Nassau era superiores aos canhões britânicos de 305mm, quando estes últimos anunciaram que novos couraçados seriam lançados com calibres superiores, os alemães consideraram inevitável a necessidade de equipar os seus couraçados seguintes com um calibre superior.

Como acontecia com os modelos de 280mm, o calibre 305mm alemão que foi introduzido nestes navios era normalmente considerado superior ao seu equivalente britânico de 330mm ou 343mm dos navios da Royal Navy.


   
---