Listar navios do tipo
Cruzador de batalha


Império Alemão
Cruzador de batalha classe
Von der Tann

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 19064 Ton
Deslocamento máx. : 21700 Ton.
Tipo de propulsão: Turbina a vapor
Comprimento: 171.7 M - Largura: 26.6M
Calado: 9 M.
4 x Turbinas acopladas Parsons (0)
18 x Caldeiras (carvão) Schulz-Thornycroft (43600cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 923 Autonomia: 8000Km a 14 nós - Nr. Eixos: 4 - Velocidade Máxima: 25 nós

Canhões / armamento principal
8 x Krupp 280mm SK L/45 M.1910 (Calibre: 280mm/Alcance: 20.4Km)
10 x Krupp 150mm SK L/45 C13 m.1908 (Calibre: 150mm/Alcance: 18Km)


Forum de discussão

O Von Der Tann, foi concebido na sequência do anuncio por parte da Grã Bretanha do futuro lançamento dos cruzadores de batalha da classe Invincible.
Até ali, os alemães esperavam que os britânicos prosseguissem na construção de navios menos blindados e com maior calibre (cruzadores blindados) mas não esperavam que a Royal Navy lançasse uma classe de navios armados com os maiores canhões disponíveis na altura.

Essa classe de navios britânicos, rápidos e poderosamente armados, tornava os cruzadores blindados alemães obsoletos, pelo que apenas um dos cruzadores blindados da classe Blucher foi contruido, começando-se de imediato a estudar o principio do cruzador de batalha.

O Von der Tan, seguiria o mesmo principio dos britânicos, mas como nos restantes navios alemães, os armamentos principais seriam constituidos por canhões de 280mm, num total de oito, distribuidos por quatro torres.

Embora com armamento inferior em calibre, o Von der Tan tinha sobre a classe Invincible a vantagem de estar melhor protegido.
Este navio foi também o primeiro navio alemão a ser equipado com turbinas.
As torres centrais (torre B e torre Y) foram instaladas de forma escalonada, nas laterais do navio, com a torre de bombordo mais à popa e a torre de estibordo mais à proa.

O cruzador de batalha Von der Tann esteve presente na batalha de Jutlândia e demonstrou que contra navios alemães mesmo com armamento de menor calibre, os cruzadores de batalha britânicos teriam dificuldades.
O Von der Tan afundou o cruzador de batalha britâanico «Indefatigable» quando os seus projecteis penetraram a leve protecção tipica dos cruzadores de batalha britânicos, que provocaram a explosão do navio.

Nessa batalha o Von der Tann chegou a ser atingido por dois projecteis de 381mm e outros dois de 343mm que destruiram a torre A e a torre B e avariaram as outras duas torres, deixando o navio sem nenhuma das suas armas principais por 75 minutos.

O Von der Tann foi enviado para Scapa Flow na Escócia aquando da rendiçao da esquadra alemã e foi afundado pela própria tripulação em 1919. O casco foi mais tarde reerguido e aproveitado para sucata.


Informação genérica:


   
---