Navios deste tipo:

Duke
Fragata
Cochrane
Fragata

Listar navios do tipo
Fragata


Chile
Fragata classe
Cochrane
(tipo Type 23)
Type 23

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 3500 Ton
Deslocamento máx. : 4200 Ton.
Tipo de propulsão: CODLAG - Diesel-electrica e Turbina a gás
Comprimento: 133 M - Largura: 16.1M
Calado: 7.3 M.
4 x Motor a Diesel Paxman 12CM (4000cv/hp)
2 x Turbina a Gás Rolls Royce Spey SM1A (31000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 181 Autonomia: 14000Km a 15 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 28 nós

Canhões / armamento principal
1 x Vickers Defence 114mm Vickers Mk 8 mod.1 (Calibre: 114mm/Alcance: 22Km)
2 x MSI Defence 30mm DS-30B (Calibre: 30mm/Alcance: 3Km)

Misseis
Sistema de lançamento Mk.141Harpoon RGM 84D8 x Boeing Harpoon RGM 84D (Anti-navio)
Sistema de lançamento N/DGWS-26 «Seawolf»32 x MBDA GWS-26 «Seawolf» (Defesa Anti-Aérea)

Radares
- Sperry-Marine Bridgemaster / Type 1008 (Navegação - Al.med: 38Km)
- Plessey AWS-9 / T-996 (Pesquisa aérea - Al.med: 82Km)

Sonares
- Thomson-CSF / Thales Plessey 2050 / Pesquisa activa/ataque

Outros sistemas electrónicos
- Argon - ST AN/SLQ-25 (Engodo anti-torpedo)


Forum de discussão

Adquiridas em 2005 por acordo entre o Chile e a Grã Bretanha que atingiu 250 milhões de Dolares, três das dezasseis fragatas type-23 da Royal Navy foram transferidas para a marinha do Chile.

Trata-se de navios recentes, que foram abatidos à Royal Navy por causa da necessidade de reduzir os custos com a manutenção dos restantes navios da marinha britânica.

Os navios foram submetidos a uma modernização prevista para os navios da Royal Navy, tendo recebido uma peça de artilharia modernizada, novos sistemas, motores e turbinas revistos. Os nomes dos navios foram modificados da seguinte forma:
Almirante Cochrane (ex HMS Norfolk)
Almirante Condell (ex HMS Marlborough)
Almirante Lynch (ex HMS Grafton)

As fragatas desta classe estão entre os navios mais modernos da marinha do Chile e de qualquer marinha da América do Sul e a sua recepção, representou o culminar de um processo de renovação da marinha chilena, destinado a substituir completamente os principais navios de superfície bem como submarinos.


Informação genérica:
As fragatas do tipo 23 são navios que começaram a ser concebidos na Grã Bretanha com o objectivo de substituir as fragatas da classe Leander que ainda estavam ao serviço nos anos 70.

Eram navios que deveriam especializar-se na função anti-submarina e o seu principal sistema seria o Sonar, que deveria permitir atacar submarinos soviéticos de forma eficaz.
O desaparecimento da União Soviética, ocorreu muito rapidamente e nessa altura já o projecto estava muito avançado, pelo que os navios perderam em parte a sua razão de existir, pelo que os projectos foram sendo adaptados às necessidades, com a inclusão de capacidade de defesa anti-aérea.

As tipo-23 estão armadas com mísseis anti-navio «Harpoon» em vez de Exocet e também foram armadas som um sistema de lançamento vertical para mísseis anti-aéreos do tipo .

A Grã Bretanha encomendou 16 navios em vários lotes de três unidades e opera presentemente 13, tendo vendido três navios à marinha chilena.

Classe Cochrane
Os navios chilenos são três (um quarto navio terá sido oferecido ao Chile) e foram submetidos a uma modernização idêntica à dos navios da Royal Navy.


   
---