Navios deste tipo:

Jiangwei-I
Fragata
Jiangwei II
Fragata
Zulfiqar
Fragata

Listar navios do tipo
Fragata


China popular
Fragata classe
Jiangwei-I
(tipo Jiangwei)
Jiangwei

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 1950 Ton
Deslocamento máx. : 2250 Ton.
Tipo de propulsão: Motor a Diesel
Comprimento: 111.7 M - Largura: 12.4M
Calado: 4.8 M.
2 x Motor a Diesel 18E 390 (24000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 170 Autonomia: 7000Km a 18 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 27 nós

Canhões / armamento principal
2 x Chinese State Factories 100mm L/56 ENG-2 / Type-79 (Calibre: 100mm/Alcance: 23Km)
8 x Chinese State Factories 37mm L/67 (C) Type-76 (Calibre: 37mm/Alcance: 0Km)

Misseis
Sistema de lançamento Aspide/Spada / LY-60LY-60 / PL-10 «LieYing»6 x Chinese State Factories LY-60 / PL-10 «LieYing» (Defesa Anti-Aérea)
Sistema de lançamento N/DC-802 / 805 / YJ-82 «CSS-C-8 Saccade»8 x Chinese State Factories C-802 / 805 / YJ-82 «CSS-C-8 Saccade» (Anti-navio)

Aeronaves embarcadas
- 1 x Harbin Aircraft Z-9C


Forum de discussão

Embora fazendo parte da mesma familia genérica de fragatas ligeiras que a China classifica como Type-053, as fragatas da classe Jiangwey e derivadas são bastante mais sofisticadas e poderosas que os restantes navios do tipo 053.

Estas fragatas representaram uma tentativa de produzir com base nos navios do tipo «Jianghu» um navio polivalente com capacidades acrescidas tanto no combate contra outros navios como na capacidade de defesa antiaérea.
Para isso os navios tiveram as suas dimensões aumentadas, tendo sido configurados como fragatas modernas, equipadas com um hangar e uma plataforma para permitir a utilização de helicópteros.

Como principal ponto negativos pode-se apontar o facto de os navios terem mantido uma motorização deficiente, pois para navios mais pesados, seria necessária a adopção ou de mais motores, ou a utilização de um sistema distinto de propulsão.
No entanto, tais possibilidades não se apresentaram como viáveis, tendo em consideração as limitações do próprio projecto.

Ao manter a motorização os navios mantiveram a sua velocidade máxima de aproximadamente 25 nós. A sua capacidade anti-submarina também é limitada, pois contam apenas com morteiros anti-submarinos do tipo RBU-1200.

As fragatas Jiangwei-I distinguem-se das posteriores pela utilização de mísseis LY-60 e do seu volumoso lançador.

Aparentemente foram iniciados trabalhos para modificar um destes navios com a inclusão de um novo sistema de lançamento de mísseis antiaéreos, mas os trabalhos foram abandonados.


Informação genérica:
É importante notar que os navios do tipo Jiangwei, são classificados como Type-053, exactamente como os navios do tipo Jianghu. Há que lembrar também que uma classificação mais recente refere estes navios como Type-057.

Na verdade, as fragatas Jiangwei são resultado dos desenvolvimentos da classe anterior e das suas variantes. Também seria possível designar a classe Jiangwei como classe «Jianghu-VI», mas a China decidiu lançar a nova versão, com ainda maiores dimensões e com armamento mais poderoso com uma nova designação.
Mas embora seja considerada como parte da familia de navios conhecida como «Type 053H3», as características destes são suficientemente diferentes para justificar designação diferente.

Como as suas antecessoras da classe Jianghu, também as Jiangwei se dividem em vários tipos, resultado das experiêntias levadas a cabo pela marinha chinesa.

A primeira série de navios Jiangwei-1 foi constituida por quatro navios cuja construção terminou em 1994.

Foi posteriormente lançada uma segunda série, designada Jiangwei-2, constituida por mais cinco navios, que se caracterizaram pelo seu sistema anti-aéreo mais eficiente, nomeadamente com um sistema de lançamento menos volumoso e com uma mudança de posição para o armamento secundário de 37mm.

A principal deficiência da classe Jiangwei foi posteriormente analisada, sendo prevista a montagem de quatro em vez de dois motores Diesel.

Além da marinha chinesa, também a marinha do Paquistão encomendou navios do tipo.

A partir de 2005, começaram os estudos para o desenvolvimento da série Jiangwei-III, a qual deveria receber capacidade antiaérea.
Aparentemente foi utilizado um casco da série Jiangwei-I, para testar a possibilidade de inclusão de um sistema VLS ara lançamento vertical de mísseis.
Na imagem vemos à esquerda, atracada ao molhe, uma fragata Jiangwei-I sem os seus sistemas de armas. À direita encontra-se uma fragata Jiangwei-II.

As autoridades chinesas parecem ter concluido que as fragatas Jiangwei eram demasiado pequenas para permitir a inclusão de novos sistemas de armas de forma eficiente e o desenvolvimento da terceira série de navios deste tipo foi aparentemente cancelado. A preferência das autoridades chinesas parece ter passado para as fragatas Jiangkai, de muito maiores dimensões.


Classe Zulfiqar
Já para exportação, foi desenvolvido um navio derivado da classe Jiangwei-II para a marinha do Paquistão.
Trata-se dos navios da classe Zulfiqar. Estes navios têm armemento mais moderno que os restantes navios do tipo. Estão armados com sistemas CIWS para defesa antiaérea e canhão de 76mm de fabrico chinês.

O primeiro navio do tipo foi entregue em Setembro de 2009.


   
---